Ganesha - o Deus dos indianos

Ganesha  o Deus dos indianos

Ele tem corpo de menino e cabeça de elefante. O formato não é por acaso. Ganesha aprendeu a lutar e se tornou guardião dos aposentos do pai, Shiva. Certo dia, o filho não deixou Shiva entrar e a partir disso surgiu uma briga sem fim. Até que Ganesha teve a cabeça decapitada pelo próprio pai. A mãe Parvati queria o filho vivo em seus braços. Diante disso, Shiva pediu que seu exército procurasse a primeira cabeça de um ser vivo para colocar no corpo do menino. Diante disso, a mãe exigiu que Ganesha fosse o primeiro a ser reverenciado em todos os rituais.

Isso explica porque esse Deus é adorado e reverenciado pelos indianos. Ganesha representa a sabedoria para enfrentar desafios e a superação dos obstáculos. Na Índia, ele permanece nas portas dos templos e das casas a fim de protegê-las. Quando os indianos querem abrir um negócio ou mesmo conquistar um emprego entoam mantras para ele.

O mantra de Ganesha é Om Gam Ganapataye Namah! (Saúdo o senhor Ganapati!) Ganapati é um dos nomes de Ganesha. Ele deve ser entoado junto com o japamala, rosário indiano, diante de um pequeno altar, repleto de divindades, oferendas e incensos de flores. Quando o pedido é atendido, os indianos oferecem doces para Ganesha.

Sua figura é cheia de significados. A cabeça grande em cima de um corpo de menino representa a sua capacidade intelectual e sabedoria. Já a barriga está ligada a sua capacidade de engolir, digerir e assimilar obstáculos. O ratinho nos pés simboliza o Ego e os seus desejos, afinal, ele rouba comida constantemente, mais do que pode comer, por isso ele sempre está olhando para cima e aguardando a permissão de Ganesha para comer os objetos.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: mantra hinduísmo ganesha