Fotógrafa reencontra o próprio pai entre sem-tetos

A descoberta foi feita durante um projeto fotográfico que durou 10 anos

A fotógrafa reconheceu seu pai durante projeto fotográfico. Foto: Reprodução/razoesparaacreditar

Parece história de filme, mas é só a vida, mais uma vez, surpreendendo à todos. A fotógrafa Diana Kim, da Ilha de Maui (Havaí), aprendeu o ofício da fotografia com o seu pai. Mas logo Diana perdeu o contato com o seu pai, que se tornou ausente após separar-se de sua mãe. 


Muitos anos depois, durante um projeto fotográfico de longo prazo sobre os sem-tetos, Diana fez uma descoberta chocante: encontrou seu próprio pai entre os moradores que rua que estava retratando. A fotógrafa iniciou o projeto em 2003 e, em 2012, depois de quase 10 anos, é que ela fez a surpreendente descoberta de encontrar seu pai sumido.

Foto: Reprodução/razoesparaacreditar

“Havia noites em que eu não o encontrava”, disse Kim à NBC News. “E outros dias quando eu menos esperava, ele estava de pé na esquina de uma rua. Ele sofria de esquizofrenia grave. Houve muitos casos em que parecia que ele estava discutindo com alguém, mas ninguém estava lá".

Diana e seu pai, já recuperado. Foto: Reprodução/razoesparaacreditar

Kim levava comida para seu pai todos os dias e pediu-lhe para procurar tratamento, mas foi só quando teve um ataque cardíaco, em 2014, que ele finalmente foi convencido. Hoje, o pai de Kim está bem: ele continua seu tratamento, procura emprego em tempo parcial e ainda tem planos para visitar sua família na Coréia do Sul.

Foto: Reprodução/mypixeland

Por Lívia Duarte

Comente

Assuntos relacionados: Lívia Duarte