Fim ou começo de um novo mundo?

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Ritual para 21122012

Foto: Hero/Corbis

As horas que antecedem a chegada do dia 21 de dezembro têm deixado muita gente com calafrio ou com dúvida sobre a possibilidade de o mundo acabar ou não na data, como diz na teoria do calendário Maia.

Mas, segundo a astróloga americana Susan Miller, que esteve no Brasil para o lançamento de uma coleção de calcinhas que assinou em parceria com uma marca famosa, não é preciso temer. De fato o calendário Maia acaba, mas isso não significa que o mundo deixará de existir. E então, será que ela está certa?

Para a astróloga Jacqueline Cordeiro, autora do livro "Previsões & Simpatias 2013 - Guia da moda e beleza zodiacal", ela está certa sim. Não acontecerá o fim do mundo nesta data. "O que teremos são algumas mudanças importantes na consciência do coletivo e no cosmo. Mas o mundo continuará existindo", diz ela. Ufa!

Jacqueline informa que esta data, na verdade, é um momento em que podemos aproveitar para fazer uma limpeza emocional e deixar para trás tudo o que atravanca o nosso conhecimento e espaço para o novo. "O Sol entra em Capricórnio, o que, com alguns aspectos planetários, nos dá a sensação de que estamos numa estrada que de repente bifurca", descreve.

Qual caminho escolher? Ela explica que nesse momento somos forçados a pensar de forma mais madura e a ter uma nova alternativa. "O resultado é uma consciência espiritual cada vez mais desenvolvida!", garante a astróloga. Nesta data teremos uma "quadratura difícil", por conta do que ocorrerá no céu: "Yod'"ou "Dedo de Deus". "Ele é uma figura composta por dois quincúncios (aspecto em um ângulo de 150° entre planetas) e um sextil formando um grande Y. O planeta que forma os quincúncios é o ponto focal da figura", descreve.

O quincúncio representa uma desarmonia que gera um incômodo leve, mas constante e enervante, como um problema com o qual tem que se lidar, mas cuja solução continuamente escapa. "O momento da crise é muito similar a quando se chega a um caminho com uma bifurcação, ou seja, é preciso escolher uma direção sem que se saiba para onde qualquer das duas direções nos levará. Assim, essa mudança de rumo não consiste numa escolha consciente e segura", explica a astróloga.

Ela comenta ainda que esta configuração envolve Júpiter, Saturno e Plutão. "O Yod requer a renúncia ao passado para ingressar em uma nova fase nas nossas vidas. É como se neste dia houvesse uma nova mudança de velocidade, um salto quântico que está a acontecer", relata a escritora.

A melhor maneira de passar a data, segundo Jacqueline, é realizando uma faxina mental e espiritual em primeiro lugar. Começar o dia com meditação, acender velas lilás, orar, cantar e fazer silêncio. Além disso, tome um banho de defesa com ervas como camomila, sálvia, hortelã lavanda entre outros, e vista-se de branco ou com cores claras como bege, nude e areia.

A faxina física também deve ser feita. "Doe aquilo que não usa e não usará mais no próximo ano e jogue fora o que está acumulando", orienta a astróloga. Feito isso, ela recomenda para que você fique sossegado, sem fazer coisas importantes neste dia.

Já no que diz respeito a 2013, ela assegura que o ano será regido por Saturno, trará austeridade, seriedade e puxão de orelha em todos que levam a vida de qualquer jeito. "Na numerologia, 2013 representa o 6, portanto número da família, de se aproximar dos mais velhos, avós e dar mais vazão ao lado artístico e musical em nossa vida"revela.

Para que o ano flua bem, Jacqueline Cordeiro descreveu o que deve ser evitado na entrada de 2013: "Pensamentos ou atitudes negativas, inveja e ressentimentos. Porque a forma pensamento é muito poderosa e vai impregnar a mente de negatividade", finalizou.

Por Stefane Braga (MBPress)

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente