Festa do fim do mundo? Saiba como organizar!

Comemore o fim do ano em grande estilo

Foto/Reprodução Pinterest Heidi Biggio Bilbo

Muita gente está em dúvida sobre o que deve fazer no dia 21 de dezembro de 2012, afinal, é essa a data declarada pelos maias para o fim do mundo. Mas que tal realizar uma festinha para celebrar esse dia?

Isso mesmo! Entre no clima, reúna os amigos e a família e faça um jantar regado a muita música e alto astral. "Essa festa, nada mais é como um Ano Novo, que é fechamento de ciclo e início de outro de acordo com o calendário maia", afirma Erika Fischer, sócia da MXK9 Comunicação e Eventos, empresa especializada na realização de eventos de pequeno e grande porte.

De acordo com o calendário maia, este ano será marcado por uma mudança de ciclo que foi iniciada há 5.125 anos, o chamado baktunes. Eika afirma que este é o momento de ficar de peito aberto para frente. "Para celebrar o dia aposte nos brilhos, glamour e no exagero. Tudo é permitido", brinca. "Use o sapato mais caro, a maior joia, vá ao cabeleireiro... Enfim, já que é o final do mundo, nada é demais!", completa.

A organizadora de festas salienta que para realizar a celebração é preciso apostar em comidas leves, sem muito molho e sem massas quentes. "A celebração é realizada em um período muito quente, por isso pense em pratos que podem ser servidos frios", sugere ela.

Erika comenta que em festas as pessoas comem e bebem, porém em pé, pois desejam conversar com os amigos. Por isso nada de pensar em muitas formalidades! "É uma festa sem cerimônias. Sirva um coquetel e evite pimentas, pois está calor. Preocupe-se com a descontração para que os convidados fiquem à vontade e curtam o momento", salienta.

O som do ambiente não deve ser tão baixo e nem tão alto, de modo que, para dialogar seja necessário gritar como nas lojas de moda jovem. A música precisa complementar o ambiente. Assim como a iluminação, que necessita ser de baixo tom e indireta. Pode até usar velas. "A luz forte mostra imperfeições no rosto e ninguém deseja ficar feio na festa", lembra.

A disposição de pratos e copos não é formal. Monte ilhas de petiscos e coquetéis, uma vez que a área da comida necessita ter fluxo e acesso fácil", sugere.

Outra dica é usar mesinhas de apoio para que dessa forma os convidados deixem taças e pratos em cima após a alimentação. Assim eles não colocam na mesa em que as pessoas estão se servindo. "Este móvel pode ter espelho e vidro para dar a ideia de fluidez, de abertura para o novo ciclo", garante.


E já que o evento pede muito brilho e glamour, não se esqueça dos fogos de artifício. "Use também mandalas, porque lembram o calendário maia, responsável pela criação da data. Você pode até usar as carrancas pintadas e objetos em tons prata ou dourado, já que é um ícone para afastar os maus espíritos, e o brilho em mesas mesclado com taças e espelho geram transparência e reflexo", finaliza Erika Fischer.

Por Stefane Braga (MBPress)

Comente