Feng Shui ajuda você a melhorar os hábitos alimentares

Feng Shui ajuda você a melhorar os hábitos aliment

Foto: Alan Kaplanas/Corbis

Quem poderia imaginar que utilizando determinadas cores e escolhendo o formato dos itens da cozinha e da sala de maneira estratégia nos incentivar a emagrecer? As técnicas milenares do Feng Shui podem ajudar os moradores da casa a manterem uma dieta mais regrada e a viverem melhor.

Mas é importante lembrar: o Feng Shui não faz nada sozinho! "Ele por si só não emagrece ninguém. Como tudo na vida, é preciso aliar técnicas e boa vontade. O que ela faz é harmonizar casa, mente e morador, trazendo equilíbrio e bem-estar. As outras coisas vêm como consequência!", explica Patricia Reis, consultora de Feng Shui residencial e comercial.

Começando pela cozinha, Patrícia lembra que se a entrada da casa possui um corredor e a cozinha é o primeiro ambiente que vemos quando entramos, esta configuração de planta/energia estimula o apetite e o ganho de peso. "Uma dica para desviar a atenção é colocar um pequeno biombo ou uma porta do tipo ‘bang-bang’, que impede a visão dela logo na entrada. Ou ainda manter a porta original do ambiente sempre fechada", diz.

Fique de olho também nos utensílios e móveis. Pratos redondos instigam a pessoa a comer mais e depressa. Assim, prefira os quadrados. É aconselhável que a mesa seja quadrada, para trazer igualdade e motivar refeições tranquilas e amistosas. "Se for redonda, sobreponha a toalha com outra menor, quadrada. E se for retangular, use toalhinhas individuais quadradas, numa cor contrastante", orienta a consultora. "E uma curiosidade: jantar a luz de velas diminui o apetite!"

Cuidado também na hora de escolher as cores: paredes vermelhas num ambiente desequilibrado podem provocar discussões explosivas na hora das refeições e excesso de apetite. Se esse for o seu caso, coloque rosas cor-de-rosa num vasinho sobre a mesa ou uma toalha nesta cor, desde que seja num tom claro. Coloque ainda um cachepô com flores amarelas. Isso porque, assim como o Sol, o amarelo transmite otimismo e alegria.


Agora se as brigas não fazem parte da rotina da família, pode-se usar a cor vermelha, desde que associada ao verde ou azul. Essa combinação estimula a comunicação familiar e a compreensão. Os tons podem colorir nos utensílios ou acessórios da cozinha ou da sala de jantar. O azul, que transmite tranquilidade, nos ajuda a comer mais devagar e deve ser evitado somente se estes cômodos estiverem no Guá do Sucesso, pois o azul representa a água e o sucesso é o fogo. Ou seja, um pode anular o outro.

E atenção: "Se há na família pessoas obesas ou que gostam de comer, evite as cores vermelho, laranja e amarelo forte nesses cômodos, pois estimulam o apetite e aumentam a rapidez da mastigação", alerta Patrícia.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: bem estar