Escovação e percussão do corpo

Escovação e percussão do corpo

A coordenação motora que faz com que você dirija o carro sem causar acidentes, caminhe sem cair e até penteie o cabelo antes de sair de casa pode servir de princípio para reconhecer, organizar e até estimular o corpo. E, a partir desse reconhecimento da importância da coordenação, nasceram técnicas capazes de ajudar você a viver melhor.

O terapeuta corporal Osvaldo Borgez explica que a coordenação motora é resultado da relação sinérgica entre os sentidos e o sistema locomotor. “A coordenação se dá através da relação estímulo-resposta. Daí que reconhecer é procurar, por meio de estímulos, perceber-se enquanto aparelho em sua globalidade e sua capacidade de coordenação para expressar-se no espaço”, fala.

Enquanto terapeuta, Osvaldo ensina técnicas para que essa percepção se transforme em estímulo. Uma delas é a “escovação”, uma das inúmeras formas de estimular via pele, que é o maior órgão do corpo, todo o sistema locomotor para uma expressão mais refinada da coordenação. “A partir dela é possível desmanchar alguns vícios de motricidade, ao equalizar o tônus da pele, e também promover mobilidade interna, e circulação sanguínea e linfática”, exemplifica.

A percussão é outra técnica ensinada por Osvaldo, e ela serva para dar consciência das alavancas ósseas e de seu posicionamento relativo às outras. “Ela estimula o organismo pela promoção de microvibrações que favorecem a circulação, o destencionamento e a renovação celular, desde os tecidos mais superficiais - pele e músculos - até os mais profundos - aponevroses (membranas que envolvem os músculos) e ossos”.

Tanto a escovação quanto à percussão pode ser feita por qualquer pessoa, sem exceção. “Crianças e adultos podem fazer esse tratamento, desde que não apresentem reatividade excessiva na pele - irritação por contato -, dermatites contagiosas, escoriações graves, feridas, queimaduras”, alerta.

Os principais benefícios da escovação e percussão corporais são a imediata percepção de estrutura do corpo em sua globalidade, nutrição de todos os tecidos e eliminação de toxinas, como o ácido láctico, por exemplo. “A partir dele, é possível despertar uma prontidão para o movimento, além de preparar todo o corpo para uma abordagem terapêutica, como a massagem, a ginástica e as atividades físicas em geral”.

Osvaldo lembra que em todas as culturas antigas há registro do estímulo da pele de diferentes formas e com diferentes instrumentos, como bucha vegetal, ervas, escovas.

Ele ensina especificamente essas técnicas no workshop “Vivência Se Toca - uma experiência corporal”, ministrado na Escola de Educação do Movimento. A escovação e a percussão são parte de uma série de técnicas de estímulo corporal e podem ser aprendidas também em cursos de massagem (como a ayurvédica, por exemplo).


A beleza desse tipo de tratamento alternativo está no fato dele poder se aliar à medicina tradicional - e resultar em ainda mais benefícios. “O auto-desenvolvimento devolve às pessoas a percepção de responsabilidade pela própria saúde, passando a primar por sua prevenção, inclusive para melhor identificar áreas problemáticas”, finaliza.

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente