Encontrando o prazer nas coisas simples

Encontrando o prazer nas coisas simples

Trabalho, estresse, mil tarefas... Viver num ambiente urbano não é fácil. Em geral, as pessoas mal têm tempo para se dedicar a atividades que proporcionam bem-estar a si mesmas. E, quando sobra uma horinha, é comum correrem para os cinemas, restaurantes e ambientes sofisticados. Mas será que a satisfação não pode ser encontrada em outros lugares?

Para Fábio Lamachia, formado em Marketing, documentarista e escritor, a resposta é sim. Ele apresenta sugestões de como ser feliz e realizado em seu livro "500 prazeres simples da vida" (Souza Franco, 2010). A obra mostra como a simplicidade de algumas ações pode fazer a diferença no dia-a-dia das pessoas.

Ele conta que a inspiração para escrever o livro veio num momento único de sua vida. "Foi quando morei numa praia deserta. A cada momento descobria que os prazeres simples estão a nossa volta e que faltava apenas enxergá-los. Tinha mais tempo para observar o céu, fazer uma fogueira, conversar calmamente com pessoas locais. Esses são apenas alguns exemplos que me inspiraram a relatar 500 prazeres simples, que estão ao nosso alcance, mas com a vida atribulada da cidade, esquecemos que existem".

Fábio ensina que é possível estar bem em qualquer lugar, basta que a pessoa queira enxergar e aproveitar as sensações trazidas por coisas simples, como o contato com a natureza. "A felicidade está dentro de nós e independe de lugares, mas é muito mais fácil encontrar esses valores quando estamos conectados com a natureza. O simples fato de colocar frutas para pássaros na janela do apartamento já alegra o nosso dia".

Sentimentos como a gratidão também ajudam qualquer um a se sentir mais vivo. "Viva o momento presente com intensidade. Pare alguns minutos para refletir. Agradeça por estar vendo um arco-íris, por sentir uma brisa no rosto, por levar seu filho na escola. Não reclame se está chovendo o dia inteiro. Quando der, saia na chuva para andar", recomenda o escritor.

A pedido do Vila Equilíbrio, ele citou 15 prazeres que se encontram em pequenas coisas. O restante pode ser encontrado no livro. Confira:

1- Beijar na chuva

2- Receber um elogio sincero

3- Fazer picolé de groselha

4- Pular amarelinha

5- Fazer amor na praia

6- Saborear um prato de arroz, feijão, bife e batata frita

7- Achar algo que estava perdido há tempos

8- Varar a noite dançando

9- Sentir o alívio de fazer xixi quando se está muito apertado

10- Correr na praia

11- Reunir a família

12- Passar o dia todo de pijama

13- Sair na chuva


14- Fazer carinho

15- Assistir a um clássico de futebol em um estádio lotado

Por Priscilla Nery (MBPress)

Comente