Documentário mostra visão da mídia sobre a mulher brasileira

esteriótiposmídia

Foto - Reprodução/Youtube

O padrão de mulher que a mídia brasileira apresenta hoje é de uma mulher alta, magra, cabelos lisos e loiros, heterossexual e jovem. Levando em consideração todas as etnias, tipos de corpo/cabelos e orientações sexuais que temos hoje no Brasil, este padrão já se mostra errado.

No documentário "Mulheres brasileiras: do ícone midiático à realidade" são mostrados os motivos desse padrão ter se colocado de forma tão sólida no conceito das pessoas.

Criado pelas organizações Paz com Dignidad e Revista Pueblos, o vídeo traz entrevistas com ativistas e pesquisadoras, que indicam que o que permitiu a criação desse padrão foi o fato de toda a comunicação de massa brasileira estar nas mãos de algumas poucas famílias.

Com isso, a mulher surge como mera ferramenta para causar reações e garantir espectadores. O mesmo acontece com a figura feminina na publicidade, mesmo quando o produto é direcionado a elas.

O vídeo, na íntegra, você confere abaixo. E deixa a pergunta - "até quando seguiremos dominadas pelo controle remoto?".


Por Vila Mulher

Comente