DNA identifica dono do cocô de cachorro

DNA identifica dono do coco de cachorro

Foto/ Reprodução site PooPrints

Com o lema "Nós amamos nossa comunidade, Nós amamos nosso cão, mas ninguém gosta do que eles deixam para trás", o programa PooPrints promete desvendar quem são os donos dos cães que deixam sua cacas no espaço público realizando testes de DNA no cocô dos cachorros. Desta forma o dono é obrigado pagar multa pela falta de cidadania.

De acordo com o site PooPrints, um cão de médio porte tem dobro do impacto no terra do que dirigir um carro SUV de luxo por 10.000 milhas. Os moradores dos EUA estão aderindo ao serviço e as comunidades interessadas têm os cães mapeados na região.

O DNA dos animais é coletado e o material vai para um arquivo em laboratório, desta maneira, cada vez que um morador encontrar um cocô na rua deve recolhê-lo e entrar em contato com a empresa, que descobre quem é o dono da sujeira por meio de teste de DNA. O responsável pelo cachorro é multado e obrigado a arcar com os custos do exame genético que o identificou.

A idéia é reprimir a sujeira "abandonada" na rua e propiciar um ambiente mais limpo. Caso o dono do cão deixe a caca dela na rua, terá prejuízos no bolso. O PooPrints está fazendo sucesso nos EUA, principalmente nos condomínios. Mas vai que a moda pega no Brasil. O que você acha desta ferramenta no combate ao cocô "abandonado"?


Por Catharina Apolinário

Comente