Dicas para substituir as sacolas plásticas

Opções para não usar sacolas plásticas nos superme

Bolsa ecológica de Karina Mingarelli

Hoje os supermercados associados à Associação Paulista de Supermercados, ou seja, 2600 lojas em todo o estado de São Paulo, passam a não oferecer mais a famosa sacola plástica.

Segundo o Ministério do Meio Ambiente, o consumo mensal por pessoa é de 60 sacolas plásticas e reduzir este número visa colaborar com o meio ambiente. Mas aí surge a dúvida: como carregar as compras? Trazemos opções variadas e criativas para você substituir as sacolas plásticas.

O músico e jornalista Wellington Alexandre diz que seria interessante o uso de sacolas de feira, já o produtor de imagens Clayton Santos afirma que conseguiu várias ecobags que pode ficar usando-as por um ano. Outra opção do produtor é a própria mochila.

A jornalista Jessica Moraes comenta que sua mãe usa as famosas ecobags, que são inclusive vendidas em supermercados, mas ressalta que seria interessante a utilização de sacolas de papel com alças. Muitas outras pessoas indicaram que voltemos a usar este tipo de cartucho para as compras, já que o papel se decompõe mais rápido, pode ser reciclado e até feito a partir da reciclagem de outros materiais.

Gilson Lima lembra que se pode usar um balaio, como ele usou diversas vezes em Pernambuco. Cestas e sacolas de palha também surgiram entre as votadas como opção. Mas as ecobags ainda estão em alta.

Para a jornalista Karina Mingarelli a solução é a bolsa ecológica. A arquiteta Mariana Rodrigues também acredita que as ecobags podem ser divertidas e estratégicas. "Eu ando com uma super fofa toda dobradinha na bolsa, assim nunca esqueço", lembrou. Segundo Mariana, o marido tem uma cesta com estampas de caveiras e leva para o mercado quando vai fazer compras. Além de ser muito útil, a cestinha, segundo ela, faz muito sucesso no supermercado.

Susi Ribeiro lembra que existem umas sacolas super legais que são como um carrinho de feira mais moderninho, feitas de lona e com rodinhas, algumas tem até banquinho acoplado. O velho carrinho de feira nunca deixou de ser uma sugestão, como afirma Luciane Sacramento. "Para compras básicas toda dona de casa pode usar uma ecobag. Já para compras de médio porte é legal passear com carrinho de feira rosa para mostrar um ar feminino, mas com toda determinação de uma consumidora exigente", sugeriu.


Caixotes de papelão também pode ser usados, mas acabam sendo uma boa opção somente para quem vai ao mercado de carro. Também para usar no carro o casal Genaro e Daniela já pensa em comprar dois caixotes dobráveis de plástico e deixar no porta-malas. E você, o que vai escolher? Conte para a gente!

Por Catharina Apolinário

Comente