Dicas para organizar a mudança

Preparando a mudança

Na hora de mudar de casa, é preciso mais do que uma caixa grande de papelão para transportar os eletrodomésticos com segurança e garantir sua preservação. Algumas dicas simples, além de trazerem mais comodidade na mudança, ajudam a prolongar a vida útil dos eletrodomésticos.

A mais importante é não descuidar da segurança em nenhum momento, desde o preparo da mudança até o manuseio e transporte dos produtos.

"Amarrar o fio elétrico e prendê-lo ao aparelho, utilizar embalagens apropriadas e colocar os eletrodomésticos na posição correta dentro do veículo são alguns pontos importantes, que devem ser observados", explica André Santos, técnico em Logística da Whirlpool Latin America, dona das marcas Brastemp e Consul.

Com base nisso, confira os cuidados recomendados para cada etapa da mudança:

- Os produtos devem ser esvaziados, retirando-se, principalmente, alimentos e água.

- Sempre que possível, deve-se retirar as partes soltas dos produtos e transportá-las separadamente, como queimadores do fogão, prateleiras, porta-ovos, bandeja de gelo e prato do forno de microondas.

- Não é aconselhável manusear os produtos pelas partes móveis, como o puxador das portas do refrigerador e a tampa de vidro da lavadora.

- O fio elétrico não deve ser arrastado, mas sim amarrado e preso ao produto.

- O embrulho dos produtos deve ser feito com plástico bolha e é preciso atenção especial para a proteção de produtos frágeis, como cooktops.

- Se a embalagem original foi guardada, deve-se dar preferência em utilizá-la.

Manuseio dos produtos

- A forma de manuseio do produto varia de acordo com seu peso: os eletrodomésticos maiores, por exemplo, devem ser manejados vagarosamente.

- Quando o produto possuir pegadores, como ocorre com as lavadoras, utilize-os para levantar ou carregar o eletrodoméstico.

- Ao carregar os produtos, é preciso ter cuidado com paredes, escadas e móveis pelo caminho, para não arranhar ou amassar os eletrodomésticos;

- É importante levantar e carregar apenas um produto por vez.

Transporte

- Antes de colocar os produtos no veículo, é recomendado fazer um planejamento de como eles serão acomodados. Os produtos maiores (geladeiras, freezers, lavadoras e fogões) devem ser colocados no fundo do veículo e os menores mais próximos da porta.

- O ideal é verificar a condição do veículo que fará a mudança, atentando para parafusos, rebites ou materiais salientes nas paredes ou no chão, que possam danificar o eletrodoméstico. Além disso, se houver furos no baú do caminhão, por exemplo, a mobília e demais objetos podem ser molhados pela infiltração de água da chuva.

- Espaços vagos entre os produtos e o veículo devem ser preenchidos com calços de isopor, papelão ou pano.

- Os produtos nunca devem ser transportados deitados, principalmente se estiverem fora da embalagem original, pois isso pode causar defeitos de funcionamento e danos aos eletrodomésticos.

- É importante ter cuidado especial com o contato das faces frágeis, partes de vidro e portas com outros objetos da mudança e também com o veículo.

- Não é recomendado empilhar qualquer outro produto sobre os eletrodomésticos.

- Para a fixação do produto no veículo, normalmente são utilizados cordas ou cintas. Evite o contato direto desses materiais com os eletrodomésticos utilizando papelão, isopor ou cantoneiras entre eles.

leia também


Descarga e instalação dos produtos

- É sempre recomendado que o manuseio do eletrodoméstico seja feito por pelo menos duas pessoas. Ao retirá-lo do veículo, é preciso colocá-lo no chão com cuidado, sem soltá-lo.

- É imprescindível verificar a voltagem do produto e do imóvel antes de ligar o eletrodoméstico.

"Outra dica importante é consultar o manual de instruções, para sanar todas as possíveis dúvidas para utilização dos aparelhos", finaliza André.

Por Jessica Moraes

Comente