Cupcakes, chocolate e sorvetes para cachorro

Sobremesas boas para cachorro

Foto: Divulgação

É fato que o mercado pet está cada vez mais aquecido. E quando entramos no setor de comida, as opções são variadas e de encher os olhos. Tem cupcakes, petiscos, chocolates especiais e até sorvete. A ideia de fomentar esse nicho vem do crescimento do mercado pet como um todo e também da preocupação cada vez maior que os donos têm de garantir a saúde e a boa alimentação dos amigos de quatro patas.

"Quando cozinhamos para um pet temos como referência uma criança de um ano, ou seja, um ser de paladar restrito e muito cuidadoso. Por isso, damos preferência aos produtos orgânicos", explica Shirley Santos, a primeira pet cerimonialista do Brasil e proprietária da empresa Festa Boa pra Cachorro.

A empresária alerta que as comidas para pet não podem ter cebola. Eles têm alta intolerância a este alimento, por conter uma substância que pode até matar, dependendo do porte do animal. "Açúcar comum também está proibido, alguns tipos de leite e o chocolate. Neste caso, o substituímos por alfarroba", conta ela, que também é chef de cozinha.

Shirley organiza festa de aniversário para o bichinhos com direito a buffet, decoração e bolo. O cardápio sugerido por ela inclui cupcakes, biscoitinhos variados, ice dog (refrigerante, que é um caldo de carne gelado) e bolo especial. "Este não é um monte de ração molhada e moldada, não! Fazemos um bolo normal, mas sem adição de açúcar", esclarece a chef. O cardápio é feito em conjunto pela chef, uma nutricionista e uma zootecnista, tendo ainda a supervisão de veterinários.

A festa para um mínimo de 15 cães e 30 pessoa sai por volta de R$ 4 mil. Uma equipe de oito pessoas se encarrega de decorar o local, preparar o cardápio e servir. Por mês cerca de 30 pessoas procuram os serviços de Shirley, mas são efetivadas uma média de quatro ou cinco festas.

Outra guloseima que vem fazendo sucesso é o Ice Pet, um sorvete de massa para cachorros e gatos. Sem adição de gordura ou açúcar, o produto pode ser encontrado em 10 sabores: bacon, banana, creme, chocolate, menta, morango e milho verde (para cães), e leite, frango e salmão para os gatos.

Sobremesas boas para cachorro

Foto: Divulgação

O sorvete já existia desde 2010, foi criado por duas veterinárias e comercializado como um petisco refrescante. Em 2012 elas resolveram vender o negócio e Paulo Silva, que já tinha sete anos de experiência no mercado pet, decidiu abraçar o negócio. Deu um ar mais empresarial para o produto, fechou uma parceria com a Turma da Mônica, criou a linha para gatos e aumentou a produção de sorvetes de 3.000 por mês para 2.000 por dia, ou 60.000 por mês.

"Atendemos em todo o estado de São Paulo, Rio de Janeiro, Recife e Pernambuco. Em fevereiro vamos começar a distribuir em Curitiba e Porto Alegre. O sorvete é encontrado em freezers exclusivos dentro de pet shops", conta Paulo Silva, proprietário e diretor comercial da IcePet. São dois tamanhos de potes: o de 50g custa R$ 7 e o de 90g, R$ 10. O preço varia de acordo com a localidade.

Além de ser uma guloseima que faz a alegria de pets, o produto tem sido usado como coadjuvante em tratamentos clínicos. Ele entra em ação no pós-cirúrgico para o bichinho se alimentar depois do efeito da anestesia e para ativar o metabolismo.


"Fizemos testes bem sucedidos em um hospital público veterinário de São Paulo. Outro uso do sorvete é para ministrar medicamento líquido. Em vez do estresse de colocar uma seringa na boca do animal, o remédio é colocado no sorvete", conta Paulo. "Com essa nova forma de uso perde-se aquela conotação de que sorvete é só no verão."

Outras guloseimas podem ser encontradas também em padarias. É isso mesmo! Já existe no país locais do gênero exclusivos para nossos amigos de quatro patas. Na The Dog Bakery, no bairro do Cambuci, São Paulo, o dono encontra tortinhas, rosquinhas e bolos feitos com ingredientes especiais.

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente