Cuidados para comprar imóveis no Feirão da Caixa

Cuidados para comprar imóveis em feirão

Comprar um imóvel significa dívida de longo prazo. Um investimento de tempo e dinheiro que retorna para o bem estar. A PROTESTE Associação de Consumidores alerta para cuidados antes de fechar negócio num feirão de imóveis, como por exemplo o que a Caixa Econômica Federal promoverá em 13 cidades brasileiras até o início de junho próximo.

Quem deseja um imóvel e não quer ter dor de cabeça no futuro não pode tomar uma decisão precipitada para não assumir compromisso cujo orçamento familiar não comporte. Planejar e fazer as contas é preciso antes de assumir um financiamento de longo prazo.

Segundo a PROTESTE, quanto maior o prazo de financiamento, maior será a quantia em reais a ser paga referente a juros. É preciso também avaliar se todas as dívidas não ultrapassam 30% do orçamento familiar. Procure não comprometer mais de 15% da renda com o pagamento da primeira parcela do financiamento.


O conselho da entidade é comprar o imóvel dentro das necessidades atuais, dando o máximo de entrada possível, e financiando pelo menor prazo dentro da capacidade de pagamento. Perceba que se a taxa de juros for de 10% ao ano, a cada dez anos de financiamento será pago o equivalente ao imóvel adquirido. Em 30 anos então serão pagos 4,5 vezes. Caso as parcelas atrasem o imóvel será levado a leilão perdendo tudo o que foi pago. E pior, se o valor de venda do imóvel for inferior ao valor do saldo devedor do financiamento ainda restará dívida.

Por Catharina Apolinário

Comente