Cuidados com os pés

Cuidados com os pés

Adoramos salto alto, não é? Quem nunca ficou morrendo de dor nos dedos ou planta do pé, só para não descer do salto? E quem nunca tirou o sapato no final de uma festa ou balada com aquela sensação mágica de alívio? Pois é, mas para manter a saúde dos pés é fundamental escolher um sapato confortável. E para as mulheres que trabalham no salto, algumas dicas valiosas podem ajudar no bem estar do corpo.

Os pés devem ser bem tratados e alguns cuidados são fundamentais para evitar problemas como o joanete, por exemplo. A rotina profissional e as longas jornadas de trabalho fazem com que homens e mulheres reclamem de dores nos pés ao final do dia. "Usar sapatos apertados, chegar em casa no final do dia e arrancá-los dos pés, essa é a verdadeira felicidade!", diz Nelson Astur Filho, ex-presidente da Associação Brasileira de Medicina e Cirurgia do Tornozelo e Pé (ABTPé).

Para preservar as centenas de ligamentos, dezenas de músculos e osso, além de diversas articulações que formam nossos pés, vale à pena seguir algumas dicas, como: não acreditar quando vendedor disser que o sapato vai "lassear", sapato apertado ou largo demais não é bom para os pés; atividades físicas e alongamentos são indicados, sem exagero; não descuidar do peso, quanto maior o peso, maior o risco de sofrer com dores e problemas nos pés e procurar sempre um especialista em medicina e cirurgia do pé quando sentir dores ou desconforto.

Como qualquer outra parte do corpo, os pés também precisam de cuidados. É importante hidratar, massagear, mantê-los bem secos e confortáveis. Porém, a escolha do calçado faz toda a diferença para a boa saúde dos pés, que é primordial para o bem estar do corpo, pois afinal, ninguém consegue ficar de bom humor com dor no pé por causa de um sapato apertado ou desconfortável.


Verônica Nagy Mastrorosa, empresária da Rede BINNE Comfort que faz calçados especialmente criados para o conforto dos pés, afirma que existem detalhes a serem observados quando se utiliza um calçado. "Calçado amigo do pé é aquele confortável, que não aperta os dedos nem o calcanhar, com saltos baixos, feitos com materiais que permitam a transpiração, como o couro. Lembre-se, o sapato tem que adaptar-se ao pé e não o contrário," afirmou.

Seja qual for o desconforto, a qualquer sinal de dor ou anormalidade, é essencial procurar um profissional capacitado para diagnosticar e tratar da maneira certa, evitando problemas futuros.

Por Catharina Apolinário

Comente