Corpo e mente preparados para 2011

Corpo e mente preparados para 2011

Lá se foi uma década desde a virada do milênio. Desde então muita coisa aconteceu. E mais uma vez nos preparamos, cada um a sua maneira, para mais uma jornada. A transição de um ano para o outro não é só algo simbólico no calendário, também é uma forma de renovarmos as energias e buscarmos novos caminhos.

Chekes iLLa, psicóloga e estudiosa de taoísmo, yoga, meditação e outras terapias corporais, aconselha tirar o peso acumulado ao longo do ano como forma de se preparar para a chegada de 2011. "É hora de tirar as toxinas da má alimentação, da má digestão, por conta do estresse, das toxinas do ar e da água das cidades". Fundadora e orientadora da Escola do Feminino ela indica antes de mais nada uma limpeza total da casa e daquilo que não se quer levar para o próximo ano.

"Aproveite para se alimentar de muitas frutas e verduras cruas, além de legumes cozidos e grãos. Melhor escolher o alimento da região e da estação, evitando importados. O alimento da região está mais fresco e oferece às pessoas exatamente aquilo que elas precisam, porque germinou e frutificou neste clima".

Outra dica da fundadora e orientadora da Escola do Feminino é tomar pelo mesmo três copos de suco fresco ao dia. "Fresco quer dizer feito e tomado imediatamente, não deixar passar mais de cinco minutos. No suco não deve misturar frutas cítricas com frutas doces, pois esta mistura provoca fermentação no intestino". Também faz parte do ritual de preparação, pelo menos na última semana do ano, caminhar pelo menos de trinta minutos, uma hora por dia. E ainda praticar meditação 10 minutinhos ao dia, que é uma forma de a mente estar clara e focada aos novos objetivos, afinal, segundo Chekes, quando a mente está atribulada não tem direção e nada pode realizar.

Também para as últimas semanas do ano, e principalmente no dia 31, a psicóloga recomenda que se faça uma revisão dos seus atos ao longo de 2010, sem que haja vergonha dos erros. "Nossos erros sempre veem da ignorância e dos maus hábitos. Assim podemos ver o que ignoramos. Por exemplo: uma pessoa pode perceber que não sabe escolher o parceiro e fez escolhas que não lhe deram bons resultados. Outra pode se dar conta que não sabe ganhar dinheiro e teve dívidas durante o ano", diz. Além disso, nesse momento também é hora de perdoar e esquecer, uma forma de não levar memórias ruins ao novo ano que vai se iniciar.

Fazer um bom planejamento também é uma boa maneira para se preparar para 2011. Chekes aconselha colocar no papel o objetivo mais alto do que ser quer, "àquele aonde queremos levar a nossa vida". E o que pode ser feito para chegar mais perto dessa meta.

"Se temos um objetivo claro, nosso mental, emocional e físico se unificam, e todas nossas forças se dirigem até ele. O resultado então é o êxito. Se não tivermos um objetivo claro, ou muitos objetivos, pequeninos, ainda aqueles que são contraditórios, nossos esforços e estado interior estarão divididos e sem força. Nesse estado nada pode ser alcançado", aponta.


Segundo Chekes, o ano de 2011 será difícil, pois a humanidade passa por muitas mudanças. Portanto, sua dica final é que as pessoas devem realmente se preparar para o que veem por aí. "Busquem conhecimento, exercitem o corpo, as emoções positivas, sejam sábios. Não são tempos de viver mecanicamente", completa.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: ano novo astral metas ano novo