Copo menstrual é alternativa aos tradicionais absorventes

Copo menstrual é alternativa aos tradicionais abso

Foto/ Reprodução Miss Cup

O copo menstrual, agora vendido no Brasil, promete não causar incômodo e nem vazamentos se colocado no lugar certo. O item é uma alternativa aos tradicionais absorventes e já é conhecido na Europa. Uma opção reutilizável, além de ecologicamente correta para você passar pelo seu ciclo menstrual.

A idéia pode parecer estranha , porém as mulheres que usam contam em sites de fabricantes que a satisfação é garantida por não fazer sujeira, bagunça, não ter vazamento, nem produzir lixo, reduzir os gastos e a irritação na pele, além de não deixar odor.

Uma onda do produto surgiu quando a marca inglesa Mooncup começou a investir em publicidade, apontando as vantagens do produto, especialmente do ponto de vista ecológico. A Miss Cup foi a primeira empresa brasileira a investir nos copos menstruais. No Brasil o produto é encontrado apenas em dois tamanhos, 25 ml e 30 ml. O primeiro é recomendado para mulheres com fluxo normal ou baixo, que nunca tiveram filhos, e o segundo, para mulheres que já tiveram filhos ou têm um fluxo menstrual intenso.

O maior diferencial do copo menstrual é o fato de ser reutilizável. Os absorventes levam em média 100 anos para desaparecer após se tronarem lixo e uma mulher pode usar durante sua vida cerca de 10 mil absorventes. Fora a economia para o bolso, pois o produto custa em torno de R$ 80,00 e, em 10 anos, uma mulher gasta cerca de R$ 500,00 comprando absorventes.


Você usaria o copo menstrual?

Por Catharina Apolinário

Comente