Como descartar o lixo tóxico

contribua com o meio ambiente

Veja como descartar de forma apropriada alguns tipos de lixo tóxico, incluindo eletrônicos e remédios.

Pilhas e baterias - envolva a pilha ou a bateria em um saco plástico e deposite em postos de coleta específicos. As empresas de celulares Tim, Vivo e Motorola recebem esses materiais.

Óleo de cozinha - separe uma garrafa plástica para armazenar o óleo utilizado. Quando estiver cheia, leve-a a postos de coleta autorizados. O grupo Pão de Açúcar recolhe óleo de cozinha nas chamadas Estações de Coleta de Óleo, que podem ser encontradas em alguns supermercados, como Pão de Açúcar, Extra e Compre Bem. Em São Paulo, qualquer agência da SABESP recebe o refugo.

Lâmpadas - Informe-se na prefeitura de seu município se há pontos de coleta do material. No Rio de Janeiro, por exemplo, existe uma lei municipal que obriga os estabelecimentos que comercializam lâmpadas fluorescentes manter recipientes para recolhimento.

Remédios - o descarte dos medicamentos vencidos deve ser feito com a própria embalagem. Em São Paulo, podem ser levados às Unidades Básicas de Saúde e em outras regiões, você deve procurar os Centros de Atendimento Público de Saúde, que deverão dar orientações sobre a destinação final dos remédios.

Eletrônicos e eletrodomésticos - entre em contato com o fabricante e se informe se ele recebe o produto de volta, como é o caso da Tim, da Vivo e da Motorola, que fazem isso em todas as suas lojas. Também oferecem esse serviço empresas de informática como Canon, HP, Dell, Philips e Itautec.


Outro recurso é o E-Lixo Maps, um serviço de busca de endereços na internet para descarte de pilhas, baterias, celulares e carregadores. Para fazer uso do serviço, basta acessar o site, digitar o CEP e o tipo de lixo eletrônico que pretende descartar. A partir dessas informações, o site indica ao internauta os pontos de coleta mais próximos da sua casa.

Por Jessica Moraes

Comente