Como combinar quadros na mesma parede?

quadros

Foto: Anderson Bianchi

Aquela parede lisa e sem decoração que você tem em casa ficará muito mais moderna se pendurar alguns ou muitos quadros e todos com molduras diferentes. Isso porque a tendência das molduras de quadros é ter tamanhos e modelos nada parecidos.

Uma moldura bem escolhida além de valorizar o quadro ajuda focar a atenção em algo que você queira ressaltar. O mesmo vale para algo que você não goste e queira disfarçar. Além de a peça se tornar um coringa na decoração, podendo compor com diversos estilos de ambiente.

Para a sala e sala de estar o ideal é usar quadros e molduras de formatos diversos, como porta-retratos quadrados com fotos da família, quadros pequenos em forma de círculo, retangulares, entre outros. O posicionamento dos quadros pode ser o chamado "Forma maior", que significa colocar os quadros maiores ao centro e os menores ao redor em forma de círculo.

Nos quartos de crianças e jovens, combinar molduras na vertical e horizontal em formato de prateleiras dão a sensação de leveza. Combine, mais uma vez, fotos do dono do quarto com quadros de estampas que combinem com ele.

No home office ou estação de trabalho o formato eixo central, que nada mais é do que combinar molduras quadradas, tanto verticais quanto horizontais, de diversos tamanhos. A única regra para este modelo é deixar um espaço maior que 20 cm entre a primeira coluna de quadros e as demais, fazendo um centro o eixo central entre elas.

Agora se você quer ousar, mas ainda não sabe como combinar os formatos ou cores, saiba que basta usar sua criatividade e seguir alguns truques.

Por exemplo, a moldura deve respeitar a identidade e individualidade de cada quadro. Por isso, se você tem quadros de diferentes artistas e estilos diversos por que vai utilizar a mesma moldura? O nosso olho pede molduras iguais exatamente quando tudo parece ser um conjunto, e os quadros dialogam entre si.

Moldura larga não quer dizer moldura "pesada" visualmente. O peso visual está muito mais relacionado à cor da moldura do que a largura em si. Uma moldura fina com uma cor mal escolhida pode ser um verdadeiro desastre no resultado final, porque pode acabar chamando mais atenção para moldura que para o item emoldurado. Já as molduras largas e bem escolhidas, quanto ao estilo e cor, ajudam a peça a ser valorizada e destacada.


E quando houver dúvida da cor, vá de branco. Por ser uma cor pura e sem variações, a moldura branca, normalmente, ganha um destaque muito grande quando comparado com as cores do restante do quadro, e chama muita atenção. A mesma dica vale para a escolha do branco no paspatur (a borda interna), já que mesmo com uma moldura correta, caso o paspatur seja branco e não entre nos casos descritos, desequilibra a montagem, roubando a cena do quadro.

Por Natália Farah

Comente