Como aplicar a quantidade certa de protetor solar?

Como aplicar a quantidade certa de protetor solar

O verão vem chegando, e a cada dia a temperatura aumenta. E verão quer dizer praia, piscina, e passeios ao ar livre em contato com o sol. Mas o excesso de sol pode causar problemas como câncer de pele. Por isso usar protetor solar passou a ser uma rotina. Pesquisas apontam que não aplicamos a quantidade ideal de filtro solar e sugerem o quanto devemos aplicar para termos uma exposição segura aos raios ultravioleta.

As pesquisas apontam que se o volume de produto for inferior a uma colher de chá rasa para toda a área exposta, os raios solares podem causar sérios problemas à pele. Estudos do Indian Journal of Dermatology, apontam que a porção ideal de protetor solar deve ser avaliada de acordo com a área da pele que ficará exposta ao sol.

Segundo o estudo, o consumidor não utiliza a quantidade necessária de protetor. Para o rosto, a pesquisa sugere o equivalente a uma colher de chá rasa, que deve ser aplicada a cada duas horas, de preferência no horário entre 10 e 16 horas.

O professor de Cosmetologia e diretor da Consulfarma, Maurício Pupo, confirma que muitas pessoas aplicam, em média, 30% da quantidade ideal para garantir a proteção. "Se o volume utilizado for abaixo daquele aconselhado, a proteção será muito menor e vulnerável, pois os cálculos de Fator de Proteção Solar (FPS) são logarítmicos, isto é, ao ser aplicado, por exemplo, um produto de FPS 60 em menor quantidade, o consumidor não terá nem o equivalente a FPS 30, ocasionando queimadura na pele", explicou.

Um estudo da Food and Drug Administration (FDA), indica que para conquistar uma boa proteção no rosto, deve-se usar dois miligramas de protetor solar para cada dois centímetros de pele, e reaplicá-lo a cada duas horas. "Para o uso corporal, é necessário cerca de três colheres de sopa, para o corpo, contanto que a aplicação seja em um período de 30 minutos antes da exposição ao sol, pois esse é o tempo médio que o filtro solar necessita para agir na pele", explica o dermatologista Dr. Jardis Volpe. Ele lembra que também já existem protetores que vem em cápsulas e dentro delas há o conteúdo ideal para aplicar no rosto e pescoço.


O dermatologista lembra que a função do protetor solar é absorver os raios ultravioletas e proteger dos efeitos nocivos que essa radiação causa na pele. O tipo de protetor deve ser escolhido de acordo com cada tipo de pele; géis para peles oleosas e cremes e loções para peles secas. Os homens, em virtude de possuírem a pele mais oleosa, devem dar preferência aos protetores em gel ou spray. "Uma dica importante na hora de escolher o protetor solar ideal, é sempre observar o número PPD do produto, que é o método utilizado para medir o UVA na pele, que deve ser, no mínimo, 1/3 do fator de proteção, ou seja, se um bloqueador solar tem 30 FPS, ele deve ter 10 PPD para garantir a proteção contra os raios UVA", finalizou o médico.

Por Catharina Apolinário

Comente