Casamento falso é a nova moda entre jovens

O noivo, a noiva e o juiz responsável por celebrar a união são atores; moda do casamento falso é apenas para curtir a balada

Festa 'fake' de casamento é a nova tendência. Foto: iStock/mrorange002

Quem não gosta de ter o prestígio de ser convidado para uma boa festa de casamento e poder curtir a comida gostosa, a música boa e a bebida liberada? Bem, quase todo mundo. Mas nem sempre fazemos parte da lista de convidados ou então ninguém do nosso circulo de amizade tem algum casamento a vista. A solução que um grupo de amigos encontrou para curtir e se divertir em uma festa de casamento foi simples e original: fazer um casamento falso. Não entendeu? O VilaMulher te explica.


A nova modalidade de festas de casamentos foi criada a partir da ideia de cinco amigos de La Plata, na Argentina, onde a nova moda tem feito sucesso. Eles tiveram a ideia de organizar uma festa de casamento como manda o figurino: roupa de gala, comes e bebes, música ao vivo e, claro, os noivos. Mas o grande detalhe, que acaba passando despercebido para quem curte a festa, é que os noivos são atores. A cerimônia religiosa não passa de uma atuação. 

Imagens da cerimônia falsa de casamento. Foto: Reprodução/g1

Os amigos, que são sócios de uma produtora, perceberam que não iriam tão cedo em uma festa de casamento. A ideia, então, surgiu a partir do desejo puro e simples de curtir a badalação de uma festa de casamento. A Falsa Boda, como é chamada na Argentina, conta com personagens para encenar o noivo, a noiva e o juiz. Já os 'convidados' são, na verdade, pessoas que não se conhecem e que compram o convite para participar da festa. Parece bem divertido, não?

'Convidados' se divertem na Falsa Boda. Foto: Reprodução/g1

E a diversão não acaba por aí. Cada celebração os convidados são surpreendidos por uma história diferente, o que deixa a festa muito mais animada. Em algumas edições da falsa festa de casamento, os organizadores incluem mais atores para criar cenas divertidas."Em uma das celebrações, um ator se passando por gay interrompeu a cerimônia para declarar seu amor pelo noivo, e os dois deixaram a noiva de lado e trocaram os votos - e tudo não passou de cena", contou Martin Acerbi, um dos organizadores da festa.

Os convites são vendidos por lote, como uma festa comum. Foto: Reprodução/g1

Para curtir uma dessas festas falsas de casamento, o jeito é esperar a moda desembarcar no Brasil e preparar o bolso: os convites tem um preço salgado - cerca de R$ 140 - já que são eles que custeiam toda a festa. “As festas têm um custo elevado, tão caro como uma real. Trabalhamos com fornecedores reais e do mercado dos casamentos”, afirma Martin.

Por Lívia Duarte

Comente