Cardápio para a maratona da folia

Cardápio para a maratona da folia

Hoje é dia de se preparar para a maratona da folia. Fechar as malas, para o viajantes, ou então separar os acessórios para quem adora curtir o Carnaval de rua ou as super festas dos salões. Para aguentar a noite de pura energia é necessário também preparar o corpo com uma boa alimentação, afinal, o gasto colórico é grande, dá só uma olhada:

Carnaval na balança

Seguir um Bloco = 500 calorias (1 hora)

Dançar em um Baile = 360 calorias (1 hora)

Sambar na Avenida = 400 calorias (1 hora)

Pular Micareta = 900 calorias (1 hora)

"Os dias são muito quentes e as pessoas costumam consumir bebidas alcoólicas em grande quantidade e dormir muito pouco. É fundamental que se beba muita água e que o café da manhã e o almoço sejam balanceados com todos os nutrientes mais importantes", alerta a nutricionista Michelle Barrella, que preparou algumas dicas de alimentação para os dias de folia.

1-) Líquido, muito líquido: água, água de coco, chá gelado, sucos de fruta (limonada, melancia, melão, abacaxi, acerola, maracujá) são refrescantes , evitam a desidratação. Lembre-se: Não use açúcar, se achar muito ácido ou preferir algo mais doce misture as frutas. Um suco de melancia com acerola é docinho, cheio de vitamina C e ainda evita o temível açúcar! Limonada com cenoura, a cenoura deixará o suco mais docinho, ainda ajuda a reforçar a imunidade e o bronze

2-) Prefira alimentos leves e de fácil digestão

3-) Nas refeições capriche na quantidade de saladas, mas não se esqueça dos outros itens: proteína (um bife médio de 100 g = uma palma da mão), carboidratos: não misture, escolha apenas um tipo: arroz integral ou mandioca ou macarrão ou batatas e também um pouco de grãos: feijão, ervilha, lentilha, grão-de-bico ou soja. Cuidado para não exagerar na quantidade, senão o sono e o mal estar farão seus planos de carnaval sambar

4-) Ao montar seu prato prefira fontes de proteína magras como peixes, peito de frango, peito de peru, carnes magras (fraldinha, maminha, etc). São de mais fácil digestão e ajudam a manter a silhueta

5-) Fuja dos alimentos muito gordurosos e das refeições rápidas e nada nutritivas, como sorvetes, molhos a base de queijo, frituras, queijos amarelos, embutidos e salgadinhos, pois, além de muito calóricos, dificultam a digestão.

6-) Alguns alimentos podem causar gases, inchaço abdominal e desconforto e devem ser evitados: sorvetes, molhos a base de queijo, frituras, queijos amarelos, doces, embutidos, salgadinhos, pimentão, repolho, brócolis, feijão e couve-flor.

7-) Além da ressaca e desidratação, quanto maior o teor alcoólico de uma bebida, maior a embriaguez, maior a absorção do álcool pelo organismo e maior será a quantidade de calorias ingerida. Não exagere!

8-) Pular, só o carnaval! Nada de pular as refeições! Alimente-se de 3 em e horas de preferência com frutas, oleaginosas (castanha do Pará, caju, nozes, amêndoas, avelãs...), cereais em barra de sementes ou sanduíches leves com pão integral. A noite nada pesado, mas não troque uma refeição por bebida e nem vá dormir com fome.

9-) Coma em casa: Além de ser mais barato e higiênico, evita a falta de opções em bares e quiosques de alimentos saudáveis e a tentação do pastelzinho com chopinho. Se estiver viajando e não houver opção, observe o ambiente e funcionários, que devem passar a impressão de limpeza e higiene.


10-) Só consuma alimentos em local de higiene adequada, não arrisque ficar os quatro dias com intoxicação ou infecção causadas por falta de higiene. Cuidado com os sanduíches, camarões, salgados e etc. vendidos na praia ou em barraquinhas que permanecem o dia todo no sol e sem um local adequado de armazenamento. Assim como desconfie se quem recebe o dinheiro é a mesma pessoa que serve o alimento.

Por Juliana Lopes

Comente

Assuntos relacionados: equilíbrio carnaval folia