Brasil é o que mais solicita retirada de dados no Google

Brasil é o que mais solicita retirada de dados no

Foto reprodução: Google

Em Abril, o Google criou o Relatório Anual do Google sobre Transparência, que apresenta uma análise detalhada dos pedidos dos governos dos países de retirar dados daquele país da empresa.

O relatório atualizado recentemente mostra que o governo do Brasil é o que mais solicita a retirada de dados na rede, mais que a China ou os Estados Unidos, por exemplo.

O Google recebe dezenas de milhares de pedidos judiciais de países em todos os cantos do mundo. Como forma de demonstrar esse volume a empresa criou o relatório. Ele relata quais governos enviaram requisições para a empresa, separando entre duas principais: pedidos de retirada de conteúdo e pedidos de dados de usuários.

Hoje essa ferramenta recebeu uma atualização e passou a mostrar também qual a porcentagem desses pedidos que o Google cumpriu. Tais pedidos englobam não só a ferramenta de busca do Google, mas sim todos os produtos da empresa como o Blogger, YouTube e Orkut.

O campeão de pedidos para retirada de conteúdo do ar continua sendo os Brasil, com cerca de 260 pedidos desse tipo, dos quais 76% já foram atendidos. O produto campeão de pedidos de remoção de conteúdo foi o Picasa, já que uma ordem específica pede a retirada do ar de mais de 11 fotos que estariam infringindo direitos autorais.


Já no campo de requisições de dados de usuários quem continua no topo é o governo americano, com mais de 4,6 mil requisições. O segundo colocado é o Brasil, com mais de 1,8 requisições, seguido da Índia com pouco mais de 1,6 mil pedidos.

Por Jessica Moraes

Comente