Bichos de estimação - saúde e qualidade de vida

bichos de estimação combatem a solidão

O convívio com os animais é um hábito comum, que gera muita troca de carinho e diversão entre o bicho de estimação com seu dono. Mas esse convívio traz vantagens além do afeto e da parceria, essa união pode apresentar aspectos muito relevantes para a saúde de quem tem um animal em casa.

Os animais geralmente mais requisitados são os cachorros e gatos, que são ótimas companhias para o ser humano. Para os idosos por exemplo, a convivência com um animal de estimação proporciona grandes benefícios à sua qualidade de vida. Dentre eles, a troca de afeto, o ânimo, a melhora da autoestima, a diminuição da solidão e da ansiedade.

Sem falar nos ganhos para a saúde. Pessoas de idade avançada, solitárias ou com depressão, podem melhorar e muito com a convivência de um bichinho de estimação. Algumas das inúmeras vantagens consta a melhora do sistema imunológico, da frequência cardíaca e da capacidade motora, fatores que atenuam doenças como o Mal de Alzheimer e outros tipos de demência. A interação social entre o animal e o idoso, promove não só uma benéfica mudança na sua rotina, como favorece até mesmo uma recuperação física.

No entanto, essa relação também traz muitos benefícios a pessoas de qualquer idade. Sejam crianças e até mesmo jovens e adultos. A simples presença de um animal pode fortalecer pessoas que já passaram por traumas ou processos dolorosos e necessitam de apoio e recuperação. Ter um bicho de estimação traz efeitos hormonais que liberam a endorfina, neurotransmissor responsável pela diminuição do estresse e da ansiedade.


Além de tudo é uma relação que desenvolve características muito importantes, como a lealdade, o amor incondicional e o senso de responsabilidade e importância que um tem para com o outro.

Por Jessica Moraes

Comente