Benefícios dos aminoácidos para quem pratica exercícios

aminoácidos

Shutterstock

Você se exercita bastante? A energia demandada pelos músculos exige uma recuperação do organismo, mas durante este processo são comuns a fadiga e as dores musculares. Estes efeitos podem ser atenuados ou mesmo evitados com a ajuda da suplementação com aminoácidos.

A ingestão de suplementos alimentares à base de BCAAs - uma combinação dos aminoácidos de cadeia ramificada leucina, isoleucina e valina - pode ser uma boa opção para proporcionar uma recuperação muscular pós-exercício mais rápida, o que contribui para uma maior eficiência no condicionamento físico, para melhorar o desempenho durante o exercício, assim como o bem-estar após o treino.

Estudos comprovam que a ingestão de BCAAs combinada com carboidratos diminui em 50% a degradação muscular, se comparada à ingestão de carboidratos isoladamente. O consumo de aminoácidos de cadeia ramificada pode reduzir, até pela metade, a dor muscular e a fadiga após a atividade física, quando comparada à prática de exercícios sem suplementação. Entre os praticantes regulares de exercícios, a atuação dos BCAAs pode ser percebida na forma do ganho de massa e força muscular.

Os BCAAs são aminoácidos essenciais, ou seja, não são produzidos naturalmente pelo organismo humano, portanto devem ser obtidos através dos alimentos, sendo seu aporte fundamental para o bom funcionamento do nosso corpo.

No caso dos BCAAs, uma de suas funções é o de estimular a síntese proteica para reconstituição do tecido do músculo e, consequentemente, a recuperação muscular pós-exercício. A maior eficiência na recuperação muscular, por meio de um uso regular dos BCAAs, se traduz na prática pelo benefício de um aumento da força muscular e da resistência durante a prática de exercícios físicos. A suplementação com BCAAs na forma livre é vantajosa em relação ao consumo de proteínas, pois, quando ingeridos, são rapidamente disponibilizados para a absorção dos músculos e de outros tecidos.


Por Vila Mulher

Comente