Beijo entre lutadores vira campanha contra homofobia no Facebook

Beijo entre lutadores vira campanha contra homofob

Foto/ Reprodução do Facebook

Os lutadores Anderson Silva, o Spider, e o mestre dele e incentivador, Minotauro, tiveram uma foto transformada em campanha contra a homofobia no Facebook. A imagem mostra Anderson Silva dando um beijo no rosto de Minotauro e circula pela rede social desde o início da semana.

No dia 15 de outubro havia em um perfil que replicou a imagem mais de 9 mil compartilhamentos. Até a rainha do axé, Ivete Sangalo, compartilhou a imagem em sua página da rede social, que teve, mais de dois mil compartilhamentos.

A imagem parece ter sido tirada da página "Humortais", no Facebook, uma página que posta imagens bem humoradas, faz piadas e posta mensagens de reflexão. A questão é que a suposta "campanha" contra homofobia gerou diversos comentários acerca de que se aqueles lutadores estivessem reproduzindo aquele beijo, que visivelmente é carinhoso e afetivo, em público, será que algum homofóbico os hostilizaria?

Tudo isso por conta do crescimento de casos de agressão e homicídios contra a comunidade LGBT. E, ironicamente, no mesmo ano em que o casamento LGBT foi admitido no país. Os comentários gerados foram diversos. Fabíola Gomes afirma em seu comentário que homofobia é questão de educação. "Para mim homofobia quer dizer muita inveja", afirmou.

Maria Fernanda Franco afirma que o importante é o amor. "Independente de sua orientação sexual, o que importa é o amor. A gente não escolhe quem vai amar, não é mesmo? O amor acontece e pronto! Quem sabe um dia eu possa me apaixonar e amar um homem e quem é hetero possa se apaixonar e amar uma pessoa do mesmo sexo. A gente nunca sabe como vai ser o dia de amanhã, principalmente em relação ao amor!", afirmou.


Comentários maldosos e preconceituosos também foram postados, mas estes nós não mencionaremos. Sabemos, porém, que ambos os lutadores não são parte da comunidade LGBT, mas a foto reproduz uma relação de amizade, de respeito e de amor, entre o aluno e o mestre. A foto e a frase escrita nela tentam, de maneira irônica, dizer que os homofóbicos agridem e machucam pessoas incapazes de se defender, ou mais fracas que eles. Uma atitude covarde. O caso é: fez sucesso na rede e repercutiu o assunto.

Por Catharina Apolinário

Comente