Autoescola oferece serviços só para mulheres

Autoescola oferece serviços só para mulheres

Foto/Divulgação Autoescola Ella

Os serviços exclusivos para o público feminino chegaram de mansinho e aos poucos conquistaram as clientes exigentes e sedentas por atendimentos diferenciados. Sem contar que para certos tipos de homens estas ações vieram a calhar, pois ajudam a reduzir e muito sentimentos como ciúmes e insegurança.

Opções não faltam. Vão de academias exclusivas a serviços com descontos especiais. E outra iniciativa que tem arrancando elogios das mulheres que vivem em Curitiba é a autoescola voltada para o público feminino.

Além de evitar as reclamações do companheiro, outro motivo leva as mulheres a bateram à porta da Ella: "Possuímos somente profissionais mulheres e, de igual forma, atendem exclusivamente mulheres. Neste ambiente, a cliente se sente mais à vontade para tirar suas dúvidas em sala de aula, sem que os homens achem graça ou façam piada. Muitas das clientes que passam por aqui sentiram isso na pele", explica Maria Cecília Martins, diretora geral da autoescola Ella.

Algumas potenciais alunas que se matriculam na Ella chegam acompanhadas do marido, pai ou namorado. E há casos de em que o próprio homem resolve procurar a autoescola. "Já chegamos a ter em sala de aula o percentual de 42% de mulheres que estavam ali por indicação ou até mesmo exigência de seus companheiros. Parte delas chegou a dizer que ‘jamais poderia ter tirado a habilitação se não tivesse procurado uma autoescola só para mulheres’", revela Maria Cecília.

[galeria]

Olhar diferenciado

Segundo a diretora geral, a autoescola Ella chama a atenção pela infraestrutura. A decoração é totalmente voltada ao público feminino. "Contamos ainda com bistrô, salas de estudos e para atendimento psicológico com hora marcada e diretoria de ensino especializada para acompanhar o desenvolvimento do aprendizado de cada aluna".

O material didático também é especial: as apostilas, por exemplo, são em "tamanho de bolsa". "Até os ensinamentos em sala de aula se aproximam da realidade feminina. Dicas de como se defender de assaltos no trânsito, integram as aulas de direção defensiva. E a aula prática de troca de pneu integra as aulas de mecânica básica", ressalta a diretora.


Quando questiona se as mulheres são melhores do que os homens na hora de conduzir as aulas de direção, Maria Cecília garante ainda que sim. "Elas são mais pacientes, se entendem, conversam, trocam experiências e, muitas vezes, chegam a se tornar boas amigas, o que é fundamental no processo de aprendizagem". E finaliza: "No trânsito, as mulheres são mais cautelosas, pois entendem a responsabilidade que é dirigir".

Por Juliana Falcão (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: bem estar dirigir carro mulheres