Ai que Sono!

As mulheres estão dormindo mal. Segundo pesquisa realizada pela entidade americana National Sleep Foundation, mulheres de todas as idades apresentam problemas para dormir.

67% das entrevistadas declaram que têm uma boa noite de sono apenas poucas vezes por semana. Entre as mães, a situação é ainda pior: 74% dizem ter insônia com muita freqüência.

Para agüentar o tranco, haja cafezinho! 37% afirmam beber três ou mais bebidas com cafeína por dia. A grande maioria (80%), no entanto, se conforma com isto e diz que, quando sente sono durante o dia, simplesmente aceita o fato e segue adiante.

Apesar do cansaço, poucas mulheres se recolhem mais cedo para compensar as noites mal-dormidas. Não se entregam. Antes de dormir, as atividades que afirmam fazer são: assistir TV, realizar trabalhos domésticos, atividades com as crianças, navegar na internet e dar conta de assuntos relacionados ao trabalho.

Excesso de preocupação, stress e ansiedade são os grandes perturbadores do sono para a maioria das mulheres. Além do permanente estado “meio-zumbi”, dormir pouco, segundo especialistas, pode levar à tristeza, depressão e falta de esperança.

Bem-vindos seriam os produtos ou as mensagens que convidassem a mulher a ampliar sua qualidade de vida, com rituais noturnos de bem-estar, por exemplo.

Uma a Uma é uma empresa de inteligência de mercado especializada no público feminino. As sócias e colunistas do Vila Mulher, Denise Gallo e Renata Petrovic, ajudam a entender melhor e desvendar as várias faces da mulher contemporânea.Contato: umaauma@umaauma.com.br

Comente