Absorvente Interno: tire suas dúvidas

Absorvente interno

Foto: Shutterstock

Principalmente no verão, uma ótima dica para as mulheres que estão "naqueles dias" é optar pelo absorvente interno. Além de não sujar, eles não machucam a pele e ainda permitem que você use roupas mais à vontade, como vestidos, saias e shorts, sem ficar na neura do "será que está manchado ou vazando?".

Para que você faça essa escolha sem medo, resolvemos te ajudar tirando as dúvidas frequentes sobre o tema. Confira:

Existe idade certa para começar a usar o absorvente interno?

Não, todas as mulheres podem usar. Algumas sentem desconforto no uso destes absorventes, mas todas podem usar.

Há restrições quanto às garotas virgens ou àquelas que acabaram de menstruar?

Todas podem usar. Mesmo as virgens, já que não há nenhum risco de romper o hímen.

Como escolher o melhor absorvente interno para o meu corpo?

Em geral, a avaliação vai de acordo com a quantidade do seu fluxo menstrual. Caso o fluxo seja intenso, o ideal seria usar o tamanho super. Caso contrário, usar os que possuam dimensões menores.

Qual é a forma correta de introduzir o absorvente interno?

O mais correto é sempre seguir as orientações do fabricante já que existem muitos tipos e tamanhos diferentes!

Mesmo quando bem colocado, existe risco do fluxo vazar?

Só se o fluxo menstrual for muito intenso, mas em geral isso não acontece.

Se usado em excesso, pode causar algum problema ou doença?

O uso correto do absorvente interno, com troca regular a cada 4 horas, ajuda a evitar machucados ou risco de infecção genital. Caso contrário, pode virar meio de cultura e gerar lesões e infecções na vagina.

Como evitar alergias?

Usando corretamente, respeitando as trocas e mantendo todos os cuidados com a higiene. Além disso, é importante evitar o uso de absorventes comuns diários todos os dias, porque isso aumenta o calor na região vaginal e a umidade, o que favorece a ocorrência de infecções.


O absorvente interno incomoda? Se estiver incomodando, o que devo fazer?

Ele não incomoda. Se a mulher não tem nenhuma sensação de desconforto ao inseri-lo na vagina, é sinal de que foi bem colocado.

Com que frequência é necessário trocar o absorvente interno?

O ideal varia de um intervalo entre duas e quatro horas. Mas, tudo dependerá da intensidade do fluxo menstrual de cada mulher e da necessidade pessoal. É importante lembrar que não é aconselhável ficar muitas horas sem trocá-lo, porque isto pode ocasionar um odor desagradável, alergias e proporcionar a proliferação de bactérias.

Pode-se usar absorvente interno durante a noite?

É possível, mas não aconselhável. Se a mulher quiser usá-lo, esse deve ser colocado na hora de dormir e retirado quando acordar. O que deve ser avaliado é a intensidade do fluxo e o conforto pessoal.

Quais as novidades no mercado em relação ao absorvente interno?

Já existe um coletor menstrual, feito de plástico maleável, que é colocado intra vaginal para coletar a menstruação, podendo depois ser retirado, lavado e reutilizado!

Viu só? Com cuidados e higiene em dia, você pode encontrar no absorvente interno a melhor opção para sua rotina feminina.

Por Alessandra Vespa (MBPress)

Comente