A mania feminina de comprar

A mania feminina de comprar

Felicidade, tristeza, ansiedade. Sentimentos que toda mulher adora "curar" ou "comemorar" fazendo compras. Ou seja, vamos admitir que tudo é motivo para gente se jogar no shopping, especialmente se encontra alguma promoção.

A empresária Michelle Fernandes é uma das que assume o vício sem ter vergonha. "Eu sei que não consigo me controlar, então se estou com pouco dinheiro tento não passar nem perto do shopping. Sou daquela que sai para comprar um presente pra uma criança e acabo com duas ou três blusinhas novas e se bobear um sapato.", diverte-se.

A consultora de finanças pessoais e colunista do Vila Mulher, Suyen Miranda, que trabalha analisando o comportamento financeiro das pessoas, explica que para comprar a mulher só precisa de uma oportunidade. "Por isso é comum as mulheres comprarem tanto em promoções. Elas notam que a peça está mais barata e acabam comprando somente porque o preço menor vai diminuir a sensação de culpa depois."

Os sentimentos influenciam muito a vontade de comprar das mulheres, o que funciona de maneira diferente dos homens. Suyen explica que o homem se está feliz chama os amigos para tomar um cerveja e comemorar, quando está triste faz o mesmo com o intuito de desabafar. Já a mulher resolve tudo no shopping. O homem pode até gastar mais em uma compra ou em uma saída, mas não com itens pessoais. "Eles costumam gastar com acessórios para o carro, que é, para os homens, como se fosse uma extensão deles mesmos."

Os itens pessoais são mesmo os preferidos da mulherada. "O que as mulheres mais compram são blusas. Levam até uma que não serve ou que não vestiu muito bem porque pensam em emagrecer ou que a peça vai ficar bem com uma calça que tem em casa. No final das contas acabam não usando nunca." É... atire a primeira pedra qual de nós nunca fez isso!

A afirmação de Suyen é comprovada por uma pesquisa realizada pelo IBOPE. De acordo com o levantamento, as mulheres que foram às compras nos últimos 30 dias, 78% declaram ter comprado roupas femininas, 60% calçados, 43% roupas para homens e 39% roupas para crianças e bebês. As lojas de rua seguidas pelos shopping centers lideram como local preferido de compras pelo público feminino.

A pesquisa mostrou ainda outros comportamentos das mulheres na hora de comprar. Confira:

- 86% procuram ofertas e descontos

- 80% procuram preços mais baixos quando vou fazer compras

- 72% quando encontram uma marca que eu gostam, são fieis a ela

- 54% sentem prazer em qualquer tipo de compra

Mas e como fazer para se controlar? Se a solução de Michelle é ficar longe de qualquer loja, a indicada por Suyen é deixar cartões e talões de cheque em casa. "Se você vai ao shopping assim e gosta de algo, precisa ir até em casa buscar o cheque ou cartão. Nessa saída do shopping você acaba refletindo sobre a compra e então decide se é algo que vale a pena ou apenas um impulso.


E você, consegue se controlar ou já está pensando em dar uma passadinha no shopping para comemorar o Dia Internacional da Mulher?

Por Larissa Alvarez

Comente