5 passos para se livrar dos calos nos pés

caloscalosidadepés

Foto - Shutterstock

Só quem tem calos nos pés sabe como o problema é incômodo. Elas podem aparecer tantos nos dedos, em cima e nas laterais, como na planta do . Quando em estado avançado as calosidades descamam e ficam amareladas, causando uma aparência feia e desagradável.

As áreas endurecidas incomodam, ficam maiores e mais difíceis de remover. Uma das principais causas do problema é o atrito gerado no dia a dia pelo uso de sapatos ou sandálias apertadas e desconfortáveis. Segundo o Dr. Ayrton De Magistris, assessor médico da MIP Brasil Farma, ao perceber que uma calosidade começou a se formar, o ideal é já tratar para ela não evoluir.

Veja abaixo as 5 dicas para quem deseja evitar ou se livrar das calosidades:

Use sapatos confortáveis

A primeira dica é a mais simples, mas a mais difícil de ser seguida. A medida mais correta é usar sapatos que não machucam o pé de nenhuma forma, sempre que possível. Eviter usar saltos muito altos e com bico fino.

Mantenha as unhas cortadas e lixadas

A pressão contínua do sapato sobre as unhas dos pés pode forçar as juntas dos dedos contra o sapato, formando calosidades em cima dos dedos. Para evitar essa pressão, mantenha as suas unhas do pé sempre curtas e bem lixadas.

Use luvas próprias para musculação

As calosidades também podem surgir nas mãos de pessoas que fazem trabalhos manuais repetitivos, músicos e praticantes de musculação. A melhor forma de evitá-los ao praticar musculação nos aparelhos é usar luvas apropriadas para a prática.

Fazer um escalda-pés

Mergulhar os pés em uma solução de sais e água morna relaxa, ajuda a aliviar a dor e também deixa as áreas endurecidas mais macias, facilitando na hora de lixar ou hidratar.

Não cortar ou furar a calosidade

A prática é até comum, mas não é recomendada. "Cortar pode causar infecção e sangramento", avisa o Dr. Ayrton.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: pés dicas bem estar calos calosidade