5 dicas para tirar selfie com seu cachorro

Veja como fazer os melhores cliques sem estressar o animal
selfie cachorro

Foto - Istock/Central IT Alliance

A selfie não esteve em passarelas, mas está mais em alta do que muita tendência fashion. Adultos e crianças entraram na onda e acabam clicando o cachorro também. Mas, o que muita gente não sabe é que este momento de carinho pode causar traumas no animal e deixa-lobem estressado.


Para evitar que a hora do flash seja um pesadelo para o animal, o veterinário e proprietário do hotel Clube de Cãompo, Aldo Macellaro, nos deu dicas que prometem ajudar os donos a tirarem fotos sem sofrimento.Que tal dar uma conferida e tirar fotos lindas? Vem ver!

1- Nada de forçar a barra

Não agite o bicho antes dos cliques e tenha paciência. Brincar com o cão e logo depois querer imobilizá-lo para uma foto é quase uma missão impossível. O segredo é não agitar o pet antes da foto e, caso isso aconteça, espere uns minutos para ele se acalmar.

2- Recompensas, sim! 

Se o cãozinho entender que se ele ficar comportado, vai ganhar aquele snack que tanto adora, a garantia dele se comportar é maior. Quando isso acontecer, dê um petisco, como sinal de agradecimento. O cão pode ficar ainda mais tempo comportado só para ganhar mais recompensas.

3- Deixe-o a vontade

Se o cão for retraído, tente soltá-lo um pouco com brincadeiras leve.

4- Vai uma ajudinha?

Se puder contar com a ajuda de uma outra pessoa, peça para ela se posicionar atrás da câmera e chamar a atenção do cão através de barulhos, como um assobio, ou agitando algum objeto.

5- Quanto mais cedo, melhor. 

Sim, o horário da sessão ajuda – e muito – para a animação do cão. Na parte da tarde, devido ao calor, o animal pode ficar mais impaciente e irritadiço. De manhã, por ser mais fresco, o cão pode ficar mais calmo.

Por Thamirys Teixeira

Comente

Assuntos relacionados: Thamirys Teixeira selfie cachorro pet