Vida longa aos esmaltes - 5 dicas para conservar os vidrinhos

Vida longa aos esmaltes  5 dicas para conservar os

Com os esmaltes em alta, as mulheres se renderam de vez ao vício dos vidrinhos e, em meio à compulsão de obter todas as cores do momento, um ou outro esmalte sempre acaba esquecido no fundo do armário sem nem ao menos ser usado. Mas, será que não existe alguma forma de resgatá-los ou prevenir que fiquem velhos com tanta facilidade?

De acordo com as especialistas Marcelly Pereira, do Bellíssima Beauty e Maria de Lourdes, do salão de beleza Fino Capelli, se os esmaltes ficarem envelhecidos você não precisa levá-los diretamente para a lata do lixo. Com algumas dicas é possível resgatar aquele seu esmalte antigo e também conservar os novos vidrinhos. Dá só uma olhada nos truques usados pelas profissionais.

1) Segundo as profissionais, os esmaltes importados, em geral, costumam durar mais do que os nacionais. Uma dica para quem quer recuperar o esmalte velho é colocar seis gotinhas de óleo de banana e mais duas de extra brilho. "Se o esmalte não estiver tão duro, é só colocar metade das medidas. Três gotinhas de óleo e uma de extra brilho já resolvem", ensina a Marcelly.

2) Para evitar que o esmalte fique velho, a dica é não deixar o vidrinho aberto por um período prolongado de tempo. Quem faz a unha em casa, nunca deve deixar o esmalte aberto por muito tempo, porque ele acaba secando e estraga mais rápido.

3) Para evitar que o esmalte endureça antes do tempo esperado, é sempre bom "limpar" a boca do vidrinho após utilizá-lo. "Ele vai ficar totalmente fechado, o que vai aumentar sua duração e a qualidade vai permanecer a mesma", completa Maria de Lourdes.

4) A temperatura também é importante. Por isso, procure guardar sempre o vidrinho de esmalte em local arejado, ou seja, nada de sol. O ideal é colocá-los na posição vertical, para conservar a ponta do pincel. De vez em quando, dê uma agitada no esmalte para evitar que fique velho mais rápido.

5) Por fim, para não desperdiçar um esmalte coloque o vidrinho em água quente para devolver a sua consistência original e, depois, guardá-lo na geladeira para que ele não volte a ficar espesso. Muitas pessoas caem no erro de colocar acetona no frasco, mas isso acaba deixando o produto com outra consistência que, por sinal, não é boa para passar nas unhas.

Por Paula Perdiz

Comente