Conheça um grande erro que pode detonar sua esmaltação

O procedimento também pode afetar a saúde de suas unhas. Descubra qual é!
erro que pode detonar sua esmaltação

Foto - Reprodução

Ao fazer as unhasno salão ou em casa, alguns procedimentos são bem habituais: cortar as unhas, lixá-las, retirar as cutículas e aplicar a base e o esmalte. Mas no meio de tudo isso, tem algo que sua manicure faz que está detonando a qualidade da esmaltação: ela, provavelmente, coloca seus dedos imersos em um pote de água morna com um pouco de sabão ou creme emoliente. Só que este é um grande erro que pode detonar sua esmaltação


O ato de deixar os dedos submersos por alguns minutos pode até parecer algo inofensivo - e até mesmo relaxante - só que esse processo compromete a durabilidade do esmalte nas unhas. Isso porque, como as unhas são muito porosas, elas absorvem 10 vezes mais água do que a nossa própria pele. 

E quando isso acontece, as unhas se expandem e levam  24 horas para voltar ao normal. Nas primeiras 24 a 48 horas, suas unhas vão parecer lindas, mas depois desse período, a cutícula se resseca e o esmalte começa a descascar, muitas vezes junto algumas lascas de unha.

E detonar a esmaltação não é o único inconveniente provocado pela imersão. O procedimento também pode afetar a saúde de suas unhas, uma vez que água faz com que as cutículas se tornem mais elásticas, e, por causa disso, ficam mais finas e mais difíceis de tirar, aumentando os riscos das tiradas de “bifes”.

Para evitar tanta dor de cabela, o ideal é um óleo nutritivo, sérum ou creme de amolecimento de cutículas em vez de colocar os dedos na água. Esses produtos deixam as cutículas mais flexíveis e fáceis de serem empurradas ou removidas.

Por Renata Branco

Comente

Assuntos relacionados: unhas esmaltes manicure Renata Branco