Tratamentos para restaurar e clarear os dentes

Clarear e restaurar os dentes

O sorriso é o nosso cartão de visitas. E muita gente já se deu conta disso. Basta dar uma olhada no mercado da Odontologia Estética, que a cada ano traz novos tratamentos para restaurar ou clarear os dentes.

É comum observar manchas brancas, amarelas e até mesmo marrons no esmalte dos dentes, isso por causa do cigarro, café, chá, refrigerantes. Ou ainda devido a reações do organismo quando se usa antibióticos (tetraciclina), elevada utilização de flúor (fluorose) e pelo processo natural de envelhecimento.

"A saúde bucal reflete as reações do corpo e está diretamente ligada ao modo de vida do individuo", afirma Dr. Sidnei Goldmann, especialista em implantodontia e clareamento.

Para as manchas superficiais causadas por alimentos, placa bacteriana, café ou cigarros, o tratamento indicado é o jato de bicarbonato de sódio seguido de um polimento. No caso das manchas brancas (fluorose), uma solução pode ser a micro abrasão, que "lixa" os dentes.

E para manchas já enraizadas na camada interna dos dentes (na polpa), uma das técnicas usadas é o clareamento dental. Conforme Goldmann, o gel à base de peróxido de hidrogênio é colocado no esmalte e, logo em seguida, o laser é aplicado sobre as moléculas do gel que ativa a liberação de oxigênio, promovendo o branqueamento dos dentes.

Outro método que está dando bons resultados é a faceta laminada, indicada para quem tem dentes escurecidos, malformados ou com muitos restauros na parte frontal. Ele pode ser feito de três maneiras. Um deles é a aplicação de uma resina composta já na boca da pessoa. Ela também pode ser feita em laboratório ou ainda fabricada com porcelana.

Caio Racy, cirurgião dentista especialista em estética, explica que a faceta laminada não se destaca facilmente. O sucesso depende da colagem feita tanto na superfície cerâmica quanto no dente. Ele afirma que a porcelana é o material mais seguro e eficaz, e extremamente resistente, além disso tem a vantagem de não absorver pigmentos, portanto, dificilmente muda de cor.

“Como a faceta de porcelana é confeccionada em laboratório, após o preparo do dente, será confeccionada uma faceta de resina provisória com adesão limitada a uma pequena área. Dessa forma, o dentista removerá com facilidade esta faceta provisória para que seja cimentada a definitiva”, explica.

O cirurgião-dentista e especialista em implantes dentários, Marcelo Rezende, compartilha da mesma opinião. “As lâminas de porcelana não dependem da resposta do dente do paciente para apresentar um bom resultado, como acontece com o laser de clareamento. São uma opção segura e com ótimos resultados”, diz.

Conforme Racy, as facetas de porcelana permanecem por muitos anos. Tudo vai depender dos hábitos do paciente. Quem tem bruxismo poderá provocar desgastas na borda da faceta, o que provoca trincas na porcelana. “Quando bem executada e em pacientes com rigorosa higiene bucal, podem durar pela vida toda”, lembra. O tratamento custa em média entre R$ 1 mil e R$ 1,5 mil por dente.

Veja também - Prepare-se o futuro é dos sorrisos perfeitos!

Por Juliana Lopes

Comente