Tratamento antirrugas: qual escolher

Tratamento antirrugas qual escolher

O tempo ainda incomoda bastante as mulheres que querem se manter jovens. No entanto, com os tratamentos disponíveis no mercado, o tempo não é mais um vilão tão poderoso quando o assunto é a parte estética.

Segundo a dermatologista Dra. Shirlei Borelli, a escolha de um bom profissional aliada ao procedimento que melhor se encaixa ao paciente, sem exageros, é o que determinará um resultado capaz de valorizar a beleza já existente e a autoestima de cada um: "É importante ressaltar que os tratamentos estéticos devem ser feitos sempre de forma individual, considerando as características e expectativas de cada paciente. Com a dosagem adequada e a melhor técnica para cada caso, os resultados são mais naturais e satisfatórios".

Alguns tratamentos substituem a necessidade de cirurgia e, consequentemente, trazem resultados mais rápidos com menor tempo de recuperação e mais segurança para o paciente. Os principais e mais procurados procedimentos estéticos e que podem ser utilizados em qualquer idade são:

Toxina Botulínica Tipo A - Por 11 anos consecutivos, segundo a Sociedade Americana de Estética e Cirurgia Plástica (ASAPS), o uso da Toxina Botulínica Tipo A tem sido o procedimento estético não cirúrgico mais procurado, principalmente devido à segurança que proporciona, ao curto período de recuperação e à satisfação por parte daqueles que optaram pelo procedimento. Voltado para rugas de expressão e pés de galinha, os primeiros resultados da toxina levam em torno de 24 a 48 horas para aparecer e podem ser potencializados em até 10 dias.

Preenchimentos faciais à base de Ácido Hialurônico - Com duração média de um ano, este tratamento é o segundo mais procurado, segundo dados da ASAPS, somando mais de um milhão de procedimentos, nos Estados Unidos, que resultam em uma aparência mais leve e rejuvenescida. É indicado para preencher rugas, corrigir sulcos e reposição de volume nos lábios e seios. Logo no primeiro dia da aplicação já é possível observar seus efeitos positivos.

Independente do procedimento estético desejado, a recomendação é sempre a mesma: "Somente médicos especializados, como dermatologistas ou cirurgiões plásticos, estão capacitados para indicar e aplicar os melhores tratamentos, com comprovação científica e resultados eficazes e seguros", finaliza a especialista.

Por Paula Perdiz

Comente