Saiba como prevenir o envelhecimento do pescoço

Previna o envelhecimento do pescoço

Foto: I Love Images/Corbis

Não adianta ter a pele do rosto perfeita e um pescoço todo enrugado, não é mesmo? Para quem não sabe, ao longo do tempo, alguns hábitos inadequados podem auxiliar o processo de envelhecimento no qual os tecidos e a musculatura vão perdendo sustentação, o que deixa a região mais flácida.

Se você quer evitar as indesejáveis papadas e vincos na região do pescoço, antes de mais nada, é necessário observar a postura diária e a forma como mastiga ou respira, por exemplo: se ao deglutir, não efetuar a pressão correta da língua contra o céu da boca, com o tempo irá adquirir flacidez na papada, isto porque este músculo que eleva a língua para a deglutição fica no soalho da boca e está diretamente relacionado com a região do papo.

Por isso, a mastigação dos alimentos deve ser realizada de forma correta, com rotação da mandíbula e com alimentos sólidos, caso contrário, a flacidez muscular ao poucos ficará mais evidente tanto no contorno facial como no pescoço. Segundo a fonoaudióloga Gisele Valdstein, ao se respirar pela boca, a musculatura da face e do pescoço perde o tônus, uma vez que há a necessidade constante de manter a boca aberta para respirar, o que não é fisiologicamente correto.

Outro fator importante é a postura durante a execução de atividades diárias. "Nos tempos atuais, as pessoas passam horas à frente do computador, quase sempre olhando para baixo e flexionando o pescoço, o que provoca vincos na região. Por isso, é importante posicionar o visor do computador na altura dos olhos e manter o ângulo do queixo em 90 graus com relação ao pescoço", explica a especialista.

Agora que você sabe que só aquele creminho não faz milagre, que tal fortalecer a musculatura de sustentação da papada e do pescoço em casa? A fonoaudióloga Gisele Valdstein ensina quais exercícios que podem ser praticados diariamente a fim de fortalecer a região:

1. Procure sempre mastigar dos dois lados rodando o queixo no sentido em que está o alimento, utilizando alimentos mais consistentes.

2. Ao engolir, certifique-se que é a pressão da língua que está empurrando o alimento na direção da garganta e não o esforço exagerado dos lábios. Quem faz a língua empurrar o alimento em direção à garganta é o músculo do soalho da boca e a firmeza dele ajuda a fortalecer a papada.

3. Segurar com as duas mãos ao redor do pescoço. Levar o pescoço à frente e a cabeça levemente para cima, fazendo a força a partir do pescoço e uma leve resistência oposta com as mãos.

4. Apoiar as mãos na testa e forçar a cabeça contra as mãos, fazendo resistência oposta, focando no esforço a partir do pescoço. Fazer o mesmo apoiando as mãos nas laterais da cabeça. Não fazer para trás, pois a musculatura posterior do pescoço já bastante tensa.

Por Paula Perdiz

Comente