Rejuvenescimento facial: combine técnicas

Rejuvenescimento facial combine técnicas

Preservar a beleza eterna do seu rosto não é possível, mas existem alguns procedimentos que podem ajudar a adiar a chegada das indesejáveis rugas e marcas de expressão. Não adianta, o envelhecimento é um processo biológico intrínseco ao corpo humano. Mas, hoje já existem tratamentos estéticos capazes de manter e restaurar a geometria facial, a textura da pele e, também, promover a redução de rugas.

De acordo com a dermatologista e médica integrante do corpo clínico do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo, Dra. Ana Paula Meski, existe uma demanda grande e crescente por tratamentos que reduzam os sinais de envelhecimento. "Os avanços na formulação de cosméticos, novos equipamentos e novas técnicas de aplicação em procedimentos não-invasivos ou minimamente invasivos são constantes", explica.

Pela experiência de consultório, a dermatologista afirma que os tratamentos mais procurados são as aplicações de toxina botulínica, para correção das marcas de expressão, e preenchimentos, principalmente com ácido hialurônico, para amenizar sulcos e rugas, que também ajudam a melhorar o contorno da face.

No entanto, a dermatologista chama a atenção para o uso de técnicas combinadas a fim de potencializar o resultado desejado. "As primeiras linhas que se formam são as de expressão, nestes casos muitas vezes associamos aplicação de toxina botulínica com peelings superficiais e luz intensa pulsada nos pacientes mais jovens", descreve.

Já em relação às técnicas de preenchimento de sulcos, como o nasogeniano, a médica informa que elas podem ser feitas em qualquer idade e nos anos posteriores, assim como as técnicas de volumização da face, nas quais os traços faciais são recuperados, com a restauração do volume facial de forma mais natural e combate à perda de elasticidade da pele. "Para tratar estes problemas, podem ser realizadas sessões com infravermelho ou radiofrequência, que ajudam a tonificar a pele e melhorar sua textura, cor e brilho", afirma Ana Paula.

O aprimoramento dos métodos mais antigos é outro ponto que deve ser destacado dentro da medicina estética, afinal, as novas técnicas não devem receber sozinhas todos os méritos. Segundo a Dra. Ana Paula Meski, atualmente existem preenchedores de ácido hialurônico que apresentam maior durabilidade, radiofrequência com eficácia para flacidez da face e pescoço e lasers capazes de melhorar manchas e textura da pele.

"Os aparelhos de laser e luz intensa pulsada também passaram upgrades tecnológicos, que permitem melhores resultados e maior segurança, tanto para o dermatologista como para o paciente", conta a médica.

No entanto, mesmo com todo o desenvolvimento tecnológico, para ter uma pele saudável, com aspecto mais jovem, é necessário incorporar hábitos saudáveis ao seu dia a dia. "É vital que o paciente faça uso frequente de filtros solares, cremes específicos para seu fototipo, além de manter uma alimentação equilibrada e acompanhamento de tratamentos dermatológicos mais específicos para suas características físicas", finaliza a especialista.

Por Paula Perdiz

Comente