Os profissionais de beleza nos desfiles

As belezas dos desfiles

Alessandra Ambrósio no backstage da Colcci. Foto: arquivo MBPress.

Além do figurino, muito de uma coleção está na maquiagem e nos cabelos das modelos. Hoje, make e hair são peças fundamentais de um desfile que quer agradar público e crítica. Por isso, os melhores profissionais são contratados para trabalhar, em parceria com as grifes, e montar o melhor look, equilibrado, bem feito e que não ofusque a roupa.

O Studio W, de São Paulo, manda profissionais para vários dos desfiles que acontecem na semana de moda da capital. Ricardo Rodrigues, do W Higienópolis, corta cabelos há 14 anos e há dez já trabalha na SPFW.

No evento, não é exclusivo de alguma marca, mas não costuma pegar mais de três grifes para cuidar. "São marcas e estilistas que conhecem o meu trabalho. Eles me pedem opinião e ajuda de estilo e conceito dos cabelos. Tem que ser uma relação de confiança", afirma.

Ele conta que o "pessoal de beauty" precisa chegar pelo menos quatro horas antes de um desfile. "Antes de prepararmos os cabelos, fazemos teste. Às vezes, há cruzamento de modelos de outros desfiles, geralmente do meio para o final. Com isso, em algumas ocasiões, temos 20 minutos para preparar 15 modelos. E no final, o resultado é sempre satisfatório", comemora.

Ricardo explica que o estilista já tem uma visão e referência da coleção - e já tem o conceito de toda roupa. Então, é ele mesmo que vem com uma ideia da maquiagem e cabelo, já estudada, pesquisada e definida com o stylist. "Juntos, definimos então o look, damos palpite do que combina com a roupa e com o cabelo".

[galeria]


Todo profissional, Ricardo diz que nunca deixou uma modelo ir para a passarela sem estar pronta. "O que acontece, às vezes, é que durante uma troca de roupa o cabelo desmancha. Aí, temos que arrumar muitas vezes na fila mesmo".

Por Sabrina Passos (MBPress)

Comente

Assuntos relacionados: desfiles maquiagem studio w spfw 2010 backstage