Nova técnica para atenuar as olheiras

Nova técnica para atenuar as olheiras

Divulgação/ Slim Clinique

Trabalho, filhos, academia, festinhas, supermercado e milhares de outras coisas. A rotina alucinante que as mulheres enfrentam diariamente não deixa muito tempo livre para descanso. Cansaço acumulado fica visível, basta observar as odiosas olheiras. E em certos casos não há corretivo que resolva, porém uma nova técnica a laser, inspirada no procedimento que apaga tatuagem, promete diminuir o problema.

A dermatologista Daniela Nunes, da Slim Clinique no Rio de Janeiro, explica que o Q-Switched é um laser fracionado, que destrói o pigmento que deixa a pele escura na região dos olhos. A técnica é indicada para as olheiras amarronzadas.

Daniela explica que a aplicacão é feita no local das olheiras com uma ponteira. O tratamento causa um escurecimento ainda maior na área tratada durante cerca de três dias, mas não é necessário ficar preocupada. “É normal, depois desse período, o local vai clareando pela fagocitose do pigmento destruído. Temos uma resposta rápida, com segurança.”

A dermatologista explica que somente no caso de história familiar ou genética, como no caso dos descendentes árabes, por exemplo, as olheiras podem voltar após o final do tratamento. “Nesses casos é necessário fazer uma manutenção com uma sessão semestralmente ou de acordo com a necessidade, e mantendo a aplicação de produtos em casa.”

O tempo de duração do tratamento varia de acordo com cada caso, o número de sessões deve ser avaliado pelo médico dermatologista.


“Nos avaliamos o grau de intensidade, associacão com vasos, história familiar e se a pessoa tem olhos encovados (profundos). Nesse caso é necessário fazer também um preenchimento com ácido hialuronico, para diminuir a sombra no local.”

O tratamento é contra-indicado para as negras. Cada sessão custa R$ 500,00.

Por Larissa Alvarez

Comente