Lente de contato para dentes faz sucesso no Brasil

lente de contato para os dentes

Shutterstock

Dentes perfeitos, alinhados e sem manchas é o sonho de muita gente. Mas já foi o tempo em que, para isso ser possível, era necessário passar por um longo tratamento dentário, utilizar aparelhos ortodônticos por anos, sentir dor e gastar muito dinheiro.

Agora, uma nova técnica faz sucesso nos consultórios odontológicos, são as lentes de contato dental ou laminados (denominação atual por ser parecida com as utilizadas em oftalmologia).

Trata-se de uma restauração recomendada por motivos estéticos como dentes escurecidos, com má formação ou com muitas obturações na parte de fora, além de também poder ser utilizada para aumentar o tamanho dos dentes, se forem separados. A lente é feita de porcelana e tem entre 0,2 mm e 0,4 mm de espessura, enquanto as facetas normais têm pelo menos 1 mm. Ela envolve apenas a parte da frente do dente e pode ser feita em resina ou porcelana.

A vantagem principal é da preservação da estrutura dental sadia, ou seja, um menor desgaste dos dentes, já que este tipo de trabalho substitui as coroas totais (pivô) quando a estrutura do dente não está muito comprometida por cáries ou restaurações extensas. Evita também o desgaste do esmalte natural do dente, ao contrário do que fazem as facetas comuns. Além disso, o custo-benefício é outro atrativo, o valor é mais em conta que em alguns métodos tradicionais e sua durabilidade pode ser de até 20 anos, isso vai depender do material utilizado e do cuidado diário com os dentes.

Segundo o cirurgião-dentista, Aonio Vieira, os processos atuais e os materiais de confecção fazem com que o tratamento seja bastante confiável e seguro. "Por ser uma fina camada de material de cobertura, alguns pacientes ficam com o receio, mas depois que é aplicada a satisfação é imediata. Ela não se destaca facilmente, desde que se faça uma boa colagem", alerta.

Depois de colada, a lente de contato tem quase a mesma aderência do esmalte do dente, podendo o paciente se alimentar, sem restrições, com confiança, sem medo de que as lentes se soltem ou fiquem aparentes.

Cada lente é colocada após a confecção de um molde e a aprovação do paciente. O método é rápido e praticamente indolor, podendo ser realizado em uma única sessão. A manutenção também é simples. "Como qualquer tipo de restauração, os laminados exigem uma reavaliação semestral pelo profissional. A manutenção é feita com uma limpeza das superfícies dentais, no próprio consultório, nas consultas de rotina", explica Vieira.


Por Vila Mulher

Comente

Assuntos relacionados: dentes notícias