Latisse chega ao Brasil

Latisse chega ao Brasil

Foto: divulgação/ Latisse

Finalmente chegou ao Brasil! Quem acompanha o Vila Batom lembra que em 2009 nos falamos aqui sobre o Latisse, um produto, do mesmo fabricante do botox, que faz os cílios crescerem, ficarem mais espessos e até escuros e, depois de dois anos sendo vendido nos EUA, finalmente está a venda por aqui.

O Latisse, recém aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (ANVISA), teve sua fórmula desenvolvida a partir de um colírio para glaucoma e adaptada para o uso estético.

Funciona mesmo como um tratamento de beleza a prazo, os resultados aparecem em oito semanas. O líquido deve ser aplicado diariamente sobre a linha dos cílios nas pálpebras superiores, como um delineador. O melhor desempenho, segundo o fabricante, aparece entre a décima segunda e a décima sexta semana de uso. Ao interromper o tratamento, os cílios voltam ao formato original entre dois e quatro meses. O uso deve ser intercalado com a máscara de cílios, nos horários que a paciente está sem maquiagem.

O produto não deve ser aplicado na parte inferior dos cílos - apenas na de cima. No caso de ser colocado por acidente em qualquer outra parte do corpo, é preciso retirá-lo com água e lenços de papel. Entre as reações adversas previstas pelos próprios fabricantes estão olhos vermelhos, coceira e hiperpigmentação. Apesar de prometer benefícios estéticos, o Latisse é um tratamento e deve ser prescrito e acompanhado por um médico.


O frasco de 5ml com 100 aplicadores será vendido por cerca de R$ 156.

Por Larissa Alvarez

Comente