Jovem larga a maquiagem após esconder o rosto por 14 anos

Ela passou mais da metade da vida escondendo o próprio rosto e hoje aprendeu que a mancha faz parte de quem ela é!
mancha de vinho do porto

Foto - Reprodução/CatersNewsAgency

Imagine viver anos escondendo uma marca no seu rosto. Parece trabalhoso, não é? Foi essa realidade que a jovem Lauren Foster viveu por 14 anos. A garota de 20 anos, tem um tipo de mancha que é conhecida em alguns lugares como "mancha de vinho do porto", uma marca de nascença permanente que aparece nos primeiros estágios da infância. Ela é causada por malformações capilares e frequentemente aparece na face, costas e pescoço.

De acordo com a Mãe de Lauren, Deborah, para a Caters News Agency, a mancha apareceu a partir dos dois anos de idade quando Lauren foi vista em frente ao espelho tentando limpar a vermelhidão.

mancha de vinho do porto

Foto - Reprodução/CatersNewsAgency

A partir daí muitas consultas médicas foram feitas. De acordo com a mulher, a maior preocupação era quanto ao julgamento dos outros em relação à filha. "Eu me preocupava sobre se ela um dia teria amigos, se seria aceita ou se seria excluída pela sociedade por ter uma mancha de vinho do porto", disse.

Deborah também contou que alguns pais não deixavam os filhos se aproximarem de Lauren na infância, por terem medo de ser algo contagioso. Durante anos a mãe tentou submeter a filha a tratamentos a lazer e remédios diversos, mas nada funcionava. "Algumas pessoas se esforçavam para fazer contato visual comigo enquanto outras preferiam simplesmente não conversar", desabafou Lauren.

mancha de vinho do porto

Foto - Reprodução/CatersNewsAgency

Diante da falta de resultados a marca foi escondida de seu rosto desde que ela tinha seis anos. Isto porque desde criança ela recebia comentários e perguntas rudes em relação à sua aparência. Enquanto alguns achavam que Lauren tinha levado uma pancada, outros faziam suposições. "Eu cresci com as pessoas frequentemente apontando e encarando o meu rosto. Alguns até perguntavam se minha marca de nascença era uma cicatriz", disse. 

Lauren ainda contou que por anos ela praticou formas e formas de cobrir seu rosto com maquiagem, mas nenhuma era altamente eficaz. Foi aí que ela encontrou o tipo de técnica e cobertura certas para os resultados que ela queria.

mancha de vinho do porto

Foto - Reprodução/CatersNewsAgency

Porém o inesperado aconteceu. Quando ela finalmente poderia escolher quando queria mostrar ou não sua marca, Lauren percebeu que suas marcas e características fazem parte de quem ela é. Hoje, ela prefere não usar maquiagem, mas aproveitou as técnicas para dar aulas de maquiagem com o objetivo de ajudar outras pessoas a aceitarem a própria aparência a se sentirem confiantes.

"Eu quero fazer as pessoas perceberem que ter marcas de nascença é perfeitamente normal e te fazem bonita como pessoa", afirma. O objetivo dela é tornar a maquiagem um escolha e não uma obrigação. E viva a autoestima!

mancha de vinho do porto

Foto - Reprodução/CatersNewsAgency

Por Thamirys Teixeira

Comente