Excentricidade e luxo no penúltimo dia de desfile da SPFW

Excentricidade e luxo no penúltimo dia de desfile

UMA Raquel Davidowicz - Foto: Agência Fotosite

Com inspirações étnicas e futurísticas, a beleza do penúltimo dia de SPFW também veio marcada pela ousadia e peculiaridades, como as máscaras e coroas que estiveram presentes no desfile de Lino Villaventura, fazendo uma nítida referência às vilãs dos contos de fada. Mas, não foi só ele que mostrou irreverência nas criações que cruzaram a passarela hoje.

Fabiana Gomes, maquiadora da MAC, assina a beleza de Glória Coelho que teve como inspiração os cabelos cinquentinhas à lá Twiggy e maquiagem com pegada futurista que deu todo o charme ao visual. Pele preparada com auxílio de bb cream e primer para garantir a uniformidade da pele, ainda recebeu uma leve camada de base e correção perfeita nos olhos. Para o restante da maquiagem foi usado um iluminador nas têmporas e, nos olhos, a misturinha das novas sombras metálicas da linha Metal Wax da marca, nas cores Cyber e Electra e, para finalizar, máscara para cílios, mas sem exagero. Nos lábios, a proposta é uma cor quase natural, levemente avermelhada. Os cabelos assinados por Ricardo Rodrigues aparecem com um repartido lateral e presos com um rabo de cavalo baixo, deixando o visual sério e bem comportado.

Celso Kamura levou a risca a proposta da Maria Bonita de usar influência totalmente nacional da marca para montar o desfile e buscou referências nos povos indígenas e traz para a passarela um cabelo preso em forma trama rendada, que apesar de fácil, encanta os olhos. Com sobrancelhas e cílios apagados, o destaque da make fica por conta de uma pele corrigida e boca nude.

Para reproduzir o penteado é super simples, basta ter em mãos pomada para cabelo, elásticos pequenos de silicone, pente fino e um pouco de paciência. Com os apetrechos separados, divida o cabelo em quatro rabos de cavalo mais ou menos da mesma largura, agora é só repartir o cabelo separado em dois novamente e prendê-los com a parte do outro rabo de cavalo. Repita o processo até finalizar todo o cabelo e, pronto, você está pronta para arrasar!

A beleza do desfile da UMA Raquel Davidowicz, assinada por Marcos Costa apostou na tendência clean e trouxe para a passarela uma make laranjinha, bastante vista durante o verão. Com a pele limpa e iluminada, a cor da maquiagem fica a cargo do batom e bush na cor bronze. Quem cuidou do cabelo da marca foi Juliana Barbosa que se inspirou numa beleza jovem e clean, mas com uma pegada romântica. Por isso, o penteado semi-preso desconstruído com textura natural foi a escolha da hairstylist.


Marcos Costa assina a beleza de Lino Villaventura que trouxe para a passarela o mundo sombrio das bruxas dos contos de fada. Com uma pele corrigida e devidamente preparada, o blush foi substituído por um iluminador aplicado na bochechas em direção as têmporas. Para os olhos uma sombra laranjinha aplicada em maior quantidade no canto interno dos olhos, sumindo a cor até um pouco depois da metade do olhos. Na boca as modelos desfilaram três cores distintas, ameixa, vinho e vermelho, mas todas aplicadas de forma irregular, dando a impressão de que elas morderam a maçã envenenada.

Por Paula Perdiz

Comente