Espinha interna - o que fazer?

Espinha interna  o que fazer

Espinha ou acne é uma coisa chata. Pior ainda quando ela é daquelas que ficam escondidas e doem, também conhecidas como internas. Aquele caroço que se forma por baixo da pele, muitas vezes demoram mais para sumir.

Geralmente esse tipo de espinha ocorre devido à alta oleosidade da pele que obstrui os poros. Para evitar essa obstrução o ideal é lavar o rosto no mínimo três vezes ao dia. Além disso, evite também fazer uso de produtos como cremes e hidratantes muito cremosos.

Para quem tem a pele oleosa os mais indicados são os produtos em gel, que tem os mesmo benefícios mas não deixam a pele tão oleosa.

Outro cuidado fundamental: não esprema a espinha interna. Se você tentar tirá-la à força ela só tende a piorar, podendo deixar a pele roxa e inflamada, além de provavelmente demorar muito mais para acabar com o problema.

O ideal é ir a um dermatologista que poderá receitar um medicamento ou um tratamento que faça a espinha interna sumir. Caso você não possa ir a um profissional neste momento, veja algumas dicas caseiras para tentar eliminar o incômodo:

- Faça uma compressa de algodão com água quente e deixe na região da espinha interna por um tempo. O ideal aqui é repetir o processo até que a espinha interna suma completamente.

- O vapor pode ser o melhor amigo de quem tem espinha interna, por isso deixe-o correr pela região da espinha interna. Para isso basta que você ferva um pouco de água e coloque-a em uma bacia ou recipiente, deixe a região da espinha interna próxima ao vapor sempre tomando bastante cuidado para não se queimar, afinal, antes a espinha do que uma queimadura. Este método ajuda a abrir os poros e faz com que a espinha interna vá saindo aos poucos.

Para prevenir futurar espinhas internas e externas vale lembrar: evite comer fast food e comidas muito gordurosas, remova sempre a maquiagem da pele antes de dormir, fuja do sol e capriche no consumo de verduras.

Além disso, própolis e compressas de camomila, que são antiinflamatórias, podem funcionar como aliadas à prevenção da acne.

Por Jessica Moraes

Comente