Cosméticos despoluidores

Cosméticos despoluidores

A pele revela os sinais do tempo e indica as transformações que passou por conta dos agentes externos, entre eles, fumaça, sol, luz artificial e ar condicionado, considerados verdadeiros vilões do envelhecimento. Para combatê-los já foi criado um grupo de produtos com ativos específicos - são os cosméticos despoluidores.

"Eles são usados principalmente pela manhã. Protegem a pele das agressões externas e não obstruem os poros. Agem hidratando, sem deixar a pele pesada, prevenindo a formação de radicais livres, melhorando a defesa da pele e restabelecendo a função de barreira", explica a dermatologista Fernanda Casagrande, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Academia Americana de Dermatologia.

Quando agentes externos agridem a pele sem proteção o seu DNA é afetado, o que pode causar a destruição das membranas celulares. Uma das conseqüências disso é a falta de capacidade de armazenar nutrientes. "Com a vulnerabilidade das membranas, também surgirão quadros de inflamações na pele, falta de colágeno e elastina que, por conseguinte, facilitarão o aparecimento de rugas, manchas, além do ressecamento", explica a farmacêutica Mika Yamaguchi.

A dermatologista lembra que os cosméticos despoluidores também são eficazes contra as agressões internas. Estresse e noites mal dormidas, por exemplo, contribuem na formação de radicais livres. Segundo Fernanda, além de proteger a pele, alguns ainda têm efeito hidratante e matificante, ou seja, controlam a oleosidade durante o dia.

"A pele estará totalmente despoluída e protegida quando ela estiver adaptada às variações ambientais em que somos expostos diariamente. Isso é possível. Basta pedir para um profissional indicar ativos específicos para a pele", acrescenta a farmacêutica. Contra as agressões, a dermatologista indica produtos com vários ativos, entre eles, coffeberry, silicium, chá verde, sculptessence, vitaminas A, C e E, óleo de framboesa, aquaporine, entre outros. "Há também o coffeeSkin, neuroxyl NP e lipex Omega 3&6", acrescenta a dermatologista Annia Cordeiro Lourenço. Portanto, antes de comprar algum cosmético dê uma olhadinha antes no rótulo e observe alguns desses ativos, sem dúvida a sua pele vai agradecer.

Nutricosméticos

Na luta contra o envelhecimento há também outros importantes aliados. Se os cosméticos despoluidores agem na própria pele, os nutricosméticos protegem de dentro para fora, através da ingestão de cápsulas com princípios ativos especiais.

"Os nutricosméticos são capazes de estimular a produção de colágeno e elastina, resultando na diminuição de rugas e na maior sustentação e elasticidade da pele, promovendo ainda o fortalecimento de cabelos e unhas", explica Joyce Rodrigues, farmacêutica bioquímica e cosmetóloga.

Segundo Annia, os nutricosméticos têm efeito antioxidade e antiglicante, ou seja, relacionado à ação de glicação, isto é, quando uma molécula de açúcar em excesso (por aumento da ingestão ou por lentidão do metabolismo da glicose) adere a uma molécula de proteína, como o colágeno e a elastina, responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele. "Isso também leva ao envelhecimento, pois diminui a flexibilidade da pele", diz.


Já a dermatologista Fernanda explica que os nutricosméticos são capazes de hidratar a pele formando um filme protetor e também evitam a produção de radicais livres, assim como os despoluidores. "A pele se renova de 28 em 28 dias, quando bem hidratada e protegida com os nutricosméticos, a migração dos queratinócitos é mais homogênea, assim a pele fica mais lisinha e hidratada de maneira mais uniforme. Desta forma, é como se ela possuísse um escudo de proteção contra todas as agressões externas", finaliza a dermatologista.

Por Juliana Lopes

Comente