Cosméticos à base de vinho branco

Cosméticos à Base de Vinho Branco

Gosta de tomar uma taça de vinho de vez em quando? Apesar da grande polêmica em torno do assunto, pesquisadores chegaram à conclusão de que o consumo de vinho tinto regularmente reduz em até 35% os riscos de se obter doenças cardiovasculares.

Agora, o que você não sabe é que já existe no mercado cosméticos produzidos com extrato de sementes de Chardonnay, uvas da família da Vitis vinifera da qual o vinho branco de qualidade é fabricado.

O Chardonnay é considerado um potente ativo que apresenta ação antienvelhecimento, pois as substâncias encontradas na casca da uva são capazes de combater os radicais livres, o que promove uma melhora significativa na saúde da pele.

"Um estudo comparou a eficácia do Chardonnay Branco no combate aos radicais livres com as vitaminas E e C, e obteve um resultado de 2,8 vezes superior a 1g de vitamina E, e 2,2 vezes superior em relação a 1 g de vitamina C. Logo, a ação em eliminar os radicais livres faz desse ingrediente cosmético uma opção ideal para formulações destinadas a prevenir o envelhecimento cutâneo precoce", comenta Maurício Pupo, professor de Cosmetologia e Diretor da IPUPO CONSULT, consultoria especializada no desenvolvimento de nutricosméticos para o mercado brasileiro,

Outro componente encontrado em abundância na casca de uva e nos vinhos, especialmente no tinto, é o Resveratrol, considerado um ativo cosmético que permite muitas ações biológicas, como anti-inflamatória e antioxidante, além de estimular a síntese de células responsáveis em manter a integridade estrutural das células cutâneas, promovendo um lifting cutâneo significativo no curto período de um mês, explica o professor.

Por Paula Perdiz

Comente