Corretivo, oh dúvida!!!

No curso de automaquiagem que eu dou, escuto muitas dúvidas sobre como usar o corretivo e qual a melhor textura? Na verdade cada maquiador segue uma ordem diferente, eu uso o corretivo primeiro e depois a base. Quando necessário aplico o corretivo novamente apenas pra certificar a cobertura de algo que eu queira retocar.

Corretivo  dicas

Carolina Lourenção/ Foto Milla Puoli

Sobre a cor é complicado quando a marca só possui 3 tipos, porque o ideal é o corretivo exatamente da sua cor de pele, por isso é sempre bom ter duas cores na suas maquiagens, uma para o inverno e outra para o verão.

Para não ter erro nenhum é que eu indico o corretivo da sua cor, para as olheiras e para a espinha.

Eu sigo uma ordem para passar o corretivo:

- Olheiras

- Pálpebras

- Contorno da narina (que normalmente é vermelhinho)

- Espinhas

- Manchas

Sinceridade mesmo, no meu dia-a-dia eu passo com o dedo mesmo, com pequenas batidinhas na pele, sem deixar muito grosso e tentando uniformizar o máximo possível, pois na minha rotina eu não uso a base e o acabamento vai ser feito apenas com o pó facial.

Mas se “aquela” espinha aparece, o melhor mesmo é ter um pincel para corretivo, porque assim é mais fácil de cobrir, o pincel é mais fino e assim, o acabamento fica bem melhor.

Existem texturas de corretivo líquida, cremosa ou de bastão. A escolha fica mesmo por sua conta. Só uma dica, as líquidas dão menor cobertura, por isso é melhor para quem não tem muita olheira. Já a de bastão e a cremosa são mais densas e cobrem mais, mas cuidado para não passar em excesso e ficar com a aparência que tomou sol de óculos escuro...

Entendendo bem como aplicar, é uma delícia se jogar nos corretivos. Deles com certeza você não vai querer abrir mão!

Fê Guedes, colunista do Vila Batom, é make artist e hair stylist. Uma apaixonada pela transformação e a beleza que todas temos a ser explorada! Email: feguedesmakeup@gmail.com/ Blog Make Up - http://feguedes.wordpress.com

Comente