Botox: método mais aplicado nos consultórios americanos

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+
Botox

Rosto jovem e sem rugas. Quem já passou dos 35 começa a se preocupar em prevenir e combater os feitos do tempo. Mulheres e homens que não recorrem à cirurgia plástica têm o botox e o preenchimento facial como os preferidos entre os métodos menos invasivos.

É o que mostra uma pesquisa da ASAPS (American Society for Aesthetic Plastic Surgery). No ano passado, os dois tratamentos estéticos não-cirúrgicos foram os mais realizados nos Estados Unidos para atenuar as rugas foram a aplicação de toxina botulínica tipo A e o preenchimento facial com ácido hialurônico.

Campeã absoluta de nove anos de pesquisa, a aplicação da toxina botulínica é considerada um método seguro pelo pacientes americanos. Somente em 2008 foram realizados 2,5 milhões de procedimentos nos Estados Unidos.

Além disso, observa-se um crescimento expressivo, de 43%, na procura por preenchedores de ácido hialurônico nos últimos cinco anos. O número de preenchimentos realizados com a substância passou de 882.469 em 2004 para 1.262.848 em 2008.

"A possibilidade de obter um rejuvenescimento muito natural e sem a necessidade de cirurgia atrai muito os pacientes", justifica Vitório Maddarena, cirurgião plástico membro da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica. "Sem falar na rapidez dos procedimentos e na possibilidade de ver os resultados quase na hora ou após alguns dias apenas".

As mulheres americanas são as que mais procuram procedimentos cosméticos, mas a adesão dos homens é também bastante interessante - 92% de mulheres e 8% de homens. A faixa etária em que se concentra o maior número de tratamentos compreende pessoas entre 35 e 50 anos (45%), seguida por aqueles com 51 a 64 anos.

Conforme o cirurgião, atualmente os pacientes chegam ao consultório médico e não solicitam mais um tratamento apenas para uma área específica, mas buscam o rejuvenescimento completo do rosto. Além de eliminar as rugas, é possível relaxar a expressão, redefinir o contorno e recuperar o volume da face. "A combinação de tratamentos como a aplicação da toxina botulínica e preenchimento facial continua uma tendência muito forte e já provou ser o melhor caminho para resultados cada vez mais naturais", explica o Dr. Vitório.

O especialista destaca ainda as diferenças entre a aplicação da toxina e o preenchimento facial, que, apesar de diferentes e indicados necessidades distintas, podem ser combinados para um rejuvenescimento mais completo.


Enquanto que a toxina botulínica relaxa a musculatura, tratando e prevenindo as rugas dinâmicas, visíveis conforme nos expressamos, o ácido hialurônico atua nas rugas estáticas e mais profundas, recupera o volume perdido com o envelhecimento e redefine os contornos faciais e labiais.

Conforme a Sociedade Brasileira de Dermatologia, ainda não há dados sobre o número de aplicações da toxina botulínica no Brasil.

Por Juliana Lopes

  • Facebook
  • Pinterest
  • Twitter
  • Google+

Comente