Autoexame de pele: você sabe como fazer?

Autoexame de pele você sabe como fazer

Nosso rosto está constantemente em exposição e não é sempre que nos lembramos de passar o protetor solar. Mesmo em dias nublados os raios emitidos são nocivos a nossa pele e, por esse motivo, devemos sempre estar em alerta para as manchas marcas que aparecem.

De acordo com os dados do Inca - Instituto Nacional de Câncer, o câncer de pele coloca o país como líder no ranking de tumores. Nada que devemos nos orgulhar, mas serve de alerta. Apesar dos números crescentes e das campanhas em torno do problema, muitas pessoas não se cuidam como deveriam e acabam desenvolvendo o câncer de pele.

No entanto, existe uma maneira bem simples de detectar anormalidade na pele em tempo de identificar e não deixar que a doença se torne um problema mais grave, o autoexame de pele. Utilizado para detectar o câncer de pele em estágio primário, esse exame é importante para diagnosticar e tratar os tumores que ainda não invadiram profundamente a pele.

Ao se examinar, anote as datas e a aparência da pele como se fosse um diário, isso lhe auxiliará a lembrar do aspecto que tinha na última vez que a olhou com atenção e cuidado. Faça o autoexame a cada três meses e lembre-se que a prevenção é o melhor remédio.

Na hora que estiver olhando no espelho fique atenta, mas não neurótica. Voc~e deve procurar por sinais e pintas eu mudam de tamanho, cor ou forma e, também, feridas que não cicatrizam após um período prolongado.

Para saber detalhadamente como fazer o autoexame acesse o site do Inca e siga os passos descritos.

Por Paula Perdiz

Comente