Tire suas dúvidas sobre proteção solar

O protetor solar é essencial nos dias de sol, mas também deve ser usados mesmo nos dias nublados
Tire suas dúvidas sobre proteção solar

O verão começa oficialmente no dia 22 de dezembro, mas os dias de calor mais intenso já batem à porta. Quem espera ansiosamente pelos dias ensolarados está louca para sair correndo para a praia. Além de biquíni, cadeira de praia e guarda sol, não dá para esquecer o protetor solar em casa de jeito nenhum.

Todo mundo, mesmo quem não usa direito, sabe da importância de se proteger dos raios solares. Mas você sabe como fazer isso corretamente? O Vila Equilíbrio conversou com a dermatologista, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e coordenadora da Campanha Nacional Contra o Câncer de Pele, Selma Cernea, que tirou diversas dúvidas sobre como se proteger corretamente do sol. Confira:

Quais são as diferenças entre protetor e bloqueador solar?

Não há diferença nenhuma, é só a nomenclatura. Algumas marcas chamam de bloqueador os produtos que tem fator de proteção mais alto.

Bronzeadores são indicados?

O único tipo de bronzeador indicado é o auto bronzeador, aquele creme que tinge a pele.

Algumas pessoas dizem que protetores com fator acima de 30 fazem o mesmo efeito que os com fator de proteção 30, isso é verdade?

Os protetores com fatores mais altos têm mais proteção sim, mas o que acontece é que a partir do 30 a diferença é pequena de um fator para o outro. Por exemplo, o 30 protege 93% dos raios, o 45 protege 95% e o 60 97%. Por isso, na prática a diferença é bem pouca, o que faz a diferença mesmo é a quantidade aplicada. É importante reaplicar o protetor a cada duas ou três horas e se entrar na água logo depois que sar.

É importante usar protetor diferente para rosto e corpo?

Sim. A pele do rosto tem características próprias que variam de pessoa para pessoa. Por exemplo, os mais jovens normalmente têm maior oleosidade, então um filtro solar cremoso pode gerar espinhas. Nesse caso a melhor opção é escolher uma loção ou gel. Já as mulheres mais velhas, tendem a ter a pele do rosto mais seca, então um creme é uma opção melhor.

No corpo, todas as pessoas tendem a ter pele mais seca, desta forma uma loção cremosa é uma boa escolha para todos.

E para o lábio, é necessário usar proteção?

Sim, é muito importante usar um protetor específico para isso. Se não se proteger é possível ter câncer de lábio no futuro. É necessário lembrar também de usar óculos escuro e passar protetor em partes às vezes esquecidas como orelha, por exemplo.

O que é importante conferir no rótulo? Proteção UVA? UVB?

Todos os protetores tem proteção contra os raios UVB, o fator de proteção indicado no rótulo (FPF) tem a ver com esse tipo de raio. É importante conferir no rótulo se existe a proteção contra os raios UVA, nem todos tem.

Parabeno é um componente de todos os protetores? Algumas pessoas têm alergia a esse produto, o que fazer nestes casos?

Além do parabeno os protetores, assim como os outros cosméticos, tem diversos componentes que podem dar alergia em algumas pessoas. Caso você tenha alergia a algum protetor a melhor coisa a fazer é procurar um dermatologista, ele fará exames que indicarão qual é a substância que causa alergia e o que fazer.


Deixar o protetor (embalagem) exposta ao sol durante o tempo na praia ou piscina pode estragar o produto?

Sim, o calor pode deteriorar o protetor, mantenha na sombra. Essa dica vale para quaissquer outros cosmético.

Por Larissa Alvarez  Edição - Renata Branco

Comente